A depressão na adolescência é mais grave que em outras faixas etárias?


  • +A
  • -A
Imagem do post A depressão na adolescência é mais grave que em outras faixas etárias?

A depressão é uma doença psiquiátrica que provoca desinteresse, desânimo, tristeza e insegurança e pode até mesmo gerar alterações no apetite e no sono. O distúrbio atinge pessoas de todas as faixas etárias, no entanto, na adolescência, sua gravidade requer cuidados especiais e uma atenção maior dos amigos e familiares.

“A depressão na adolescência pode ser tão ou mais grave que em adultos e um dos fatores que nos preocupa muito é o aumento do número de suicídios nesta faixa etária, que é bem vulnerável”, afirma o psiquiatra Alexandre Proença. Isso pode estar ligado às mudanças típicas dessa fase da vida, ao bullying e à pressão pela escolha profissional e por bons desempenhos na escola. Porém, segundo o profissional, a depressão em adolescentes responde bem ao tratamento.

Abuso de álcool e outras drogas na adolescência aumentam risco de suicídio


O suicídio nos casos de depressão está relacionado à falta de motivação para viver e ao desejo desesperado de dar um fim ao seu sofrimento, especialmente em quadros graves e não tratados. As tentativas e o desejo de suicídio também guardam relação com o uso de álcool e outros tipos de drogas, assim como
situações muito impactantes, como perdas e abusos sexuais.

Amigos e familiares podem ajudar um adolescente a tratar a depressão e evitar os riscos da doença. Para isso, é necessário conseguir identificar os sintomas. “É importante ter uma boa escuta e atenção e evitar minimizar os sintomas e queixas, dando importância aos sentimentos”, recomenda o profissional.

Sinais e sintomas indicam gravidade da depressão em adolescentes


Entre os sintomas destacados pelo especialista estão o isolamento, o baixo rendimento escolar e sentimentos de culpa e de vazio. Ao notá-los, é fundamental aconselhar o indivíduo a procurar auxílio médico para fazer uma avaliação e, caso necessário,
começar o tratamento. É essencial ainda observar o risco de suicídio do adolescente. Alguns chegam a comentar com pessoas próximas sobre a falta de vontade para viver.

Quem precisar de ajuda pode telefonar gratuitamente para o número 188 e conversar sigilosamente com os voluntários do Centro de Valorização da Vida. O atendimento está disponível em 16 estados brasileiros, incluindo São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e o Distrito Federal, mas deve estar presente em todo o país até julho de 2018.

Dr. Alexandre Proença é psiquiatra, membro da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) atende em Niterói e São Gonçalo (RJ). CRM-RJ: 52905674 – www.alexandreproenca.com.br

Foto: Shutterstock

TAGS
depressao
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "A depressão na adolescência é mais grave que em outras faixas etárias?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.