Depressão: falta de apoio da família e amigos pode agravar a doença?

  • +A
  • -A

Apesar de hoje a depressão ser bastante difundida socialmente, ainda existe muito desconhecimento sobre a doença, o que acaba gerando um preconceito nocivo à recuperação. O pior é que isso às vezes acontece dentro de casa, então o paciente não conta com o apoio da família, que é justamente o mais importante no processo.

Quando um indivíduo está experimentando sintomas da depressão e não vê compreensão e acolhimento da família, a sensação de desamparo faz com que ele não tenha motivação para procurar ajuda. Sem suporte profissional, a tendência é de que o quadro se agrave gradativamente, tornando as chances de melhora ainda mais difíceis.

Apoio da família é essencial para encorajar paciente a buscar ajuda


“Aconselho que os familiares fiquem juntos e evitem julgamentos nesse momento.
É importante paciência e ajuda. Coloquem-se à disposição para o que se fizer necessário e tentem entender o sofrimento do outro. Atenção, companhia e compreensão são suficientes na maioria dos casos”, afirma a psiquiatra Luciana Cristina Staut. A depressão não é apenas um sentimento de tristeza.

Se em uma determinada família em que não há conhecimento sobre a depressão, existir, por outro lado, apoio, isso já será um passo importante rumo à melhora do paciente. A preocupação dos familiares irá encorajá-lo a buscar ajuda profissional e tentar amenizar seu sofrimento. Portanto, pesa mais a falta de empatia do que a própria ignorância. 

O tratamento da depressão pode ser feito com psicoterapia e uso de medicamentos antidepressivos. O uso dos remédios vai depender sempre da avaliação de um profissional.

Dra. Luciana Cristina Gulelmo Staut é psiquiatra, formada pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), membro da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e atende em Cuiabá (MT). CRM-MT: 6734

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Luciana Staut

Dra. Luciana Staut

Psiquiatria

CRM: 6734 / MT

TAGS
depressao
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

10 comentários para "Depressão: falta de apoio da família e amigos pode agravar a doença?"

Francielle

Meu pai não aceita eu precisar de remédios e acha que é tudo besteira =/

Odete

Porque fase adolescente tem tendencia a depressão?

AINI

infelizmente em minha casa somos os dois com depressão, procuro amenizar o da esposa, porém a noite em muitos momentos quando me vejo estou chorando no meu quarto, tomo 4 comprimidos para dormir mais as 3;00horas já estou acordado, solicito ajuda. atenciosamente Aini ferreira de Sant’anna

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Aini, procure um serviço de saúde próximo de sua residência e marque uma consulta com o psicólogo para que ele possa te auxiliar e também auxiliar sua esposa. Melhoras.

Essa doença e muito triste, minha irmã tem e muito difícil lidar com isso.

Queria saber mais como lidar com ela tem altos e baixos,floras as vezes fica triste e acima de tudo tem medo

Freire Antonio

Por mais apoio que dão não aceito acho que pensam que sou doido. Tenho vivido só nos últimos cinco anos. Ninguém me entende. Acho que tenho interesse pelo programa CUIDADOS PELA VIDA. A repressão é triste.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Freire, a depressão necessita ser tratada como uma doença. O estigma em torno dessa condição só aumenta. Recomendamos sempre que a família e o paciente se conscientizem a respeito da importância do tratamento com um especialista. Desejamos sucesso em seu tratamento e recuperação. Abraços!

D P S

Fui diagnosticado com depressão maior e recentemente fiquei entoxicado com um dos medicamentos. Tinha muitos pensamentos em suicídio.A depressão estava estabilizada so que a alguns dias os pensamentos de suicídios voltaram e eu já tomei uma dosagem Alta mista de remédios. Pensamentos e sonhos com mortes

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, a psiquiatra Dra. Camila Cucco afirma que para evitar uma recaída da depressão é necessário, primeiro, realizar o tratamento do primeiro episódio depressivo até o fim, ou seja, só interrompê-lo quando receber alta do médico. Isso diminuirá as chances de um novo episódio acontecer. Caso os sintomas ameacem aparecer mesmo assim, deve-se retomar o contato imediatamente com o especialista, para que ele possa determinar como proceder a partir daí. Fazer o tratamento durante o período indicado pelo psiquiatra, praticar atividade física, buscar ambientes leves no trabalho, dormir bem, cuidar da alimentação e cuidar da saúde física e mental de modo geral, são alguns cuidados indicados e necessários para quem deseja evitar recaída da depressão. Desejamos boa sorte no seu tratamento. Até breve.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.