Os sinais do infarto podem aparecer dias ou até semanas antes?


  • +A
  • -A

O infarto agudo do miocárdio, segundo o cardiologista Francisco Flávio Costa Filho, é o termo técnico usado para descrever a situação em que células de parte do coração morrem devido à obstrução de uma artéria responsável por carregar sangue e nutrientes. Todo esse processo pode levar algumas semanas para se instalar e, em alguns casos, o corpo indica que algo está errado. Confira com que antecedência os principais sinais do infarto surgem. 

Sinais do infarto podem surgir 4 semanas antes


“Estudos clássicos, nos quais se conversou com pacientes recém-infartados, descrevem que metade dos pacientes infartados já estava sentindo alguma coisa diferente nas 4 semanas antes do evento mais grave, o infarto propriamente dito”, afirma o médico. 

Nessas pessoas, a obstrução da artéria se deu de forma gradual, com os sintomas prévios surgindo. Geralmente, são os mesmos sinais do infarto, mas com intensidade e duração menores. Como “a dor passou”, muitos não procuraram ajuda profissional. 

“A outra metade dos pacientes simplesmente relatou que não sentiu nada até a hora do infarto. São pessoas que saíram para uma corrida, estavam em um jantar ou em um voo. Estavam bem, vivendo suas vidas e, de repente, aquela artéria se obstrui e o infarto entra em cena”, explica o especialista. 

Quais são os sinais do infarto?


“Não há dúvidas de que o sintoma-chave do infarto é a
dor torácica. Ela está presente em quase todos os pacientes que sofrem obstrução de uma de suas artérias do coração”, informa o cardiologista. Essa dor pode se apresentar na forma de aperto, de queimação, sensação de peso ou do peito abrindo no tórax. 

A dor do infarto pode ficar parada, mas também pode se espalhar para os braços, o dorso, mandíbula, dentes ou região cervical. Existem ainda casos em que a dor não se manifesta, mas o paciente reclama de náuseas, vômitos, suor intenso, falta de ar, desmaio, palpitações e cansaço. 

É imprescindível conhecer os principais sintomas causados pelo infarto para procurar atendimento médico assim que possível. Segundo Doutor Costa Filho, a melhor fase para fazer o tratamento do paciente é quando os sinais começam a aparecer porque, geralmente, o infarto não aconteceu, ou seja, ainda não houve morte das células do miocárdio. 

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Francisco Flávio Costa Filho

Dr. Francisco Flávio Costa Filho

Cardiologia

CRM: 141903 / SP

TAGS
cardiovascular
coracao
infarto

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

6 comentários para "Os sinais do infarto podem aparecer dias ou até semanas antes?"

Joslaine Santos

Oi eu sinto dores no peito já faz uns seis anos.ja passei pelo o cardiologista.fiz vários exames não acusaram nada.mais mesmo assim eu fico preocupada.porque essas dores vão é vem.os médicos dizem que é ansiedade.sempre vou no pronto Socorro por causa disso

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Joslaine. É importante que continue indo ao médico, procurando especialistas habilitados que consigam diagnosticar este sintoma, a fim de resolver ou minimizar as dores. O caminho para eliminar as dores, é através do diagnóstico, e depois, um tratamento de acordo com o quadro. Desejamos melhoras! Até a próxima.

Rute

Boa noite! Estou sentindo uma dorzinha chata no peito como se fosse no coração, e hj comecei a sentir uma dor no músculo do braço esquerdo, como se tivesse batido o braço está difícil até para movimentar. Obrigada

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Rute. É importante que procure atendimento médico assim que sentir qualquer tipo de dor, e como sente as dores relatadas na matéria, quanto mais cedo passar por avaliação de um especialista melhor será o tratamento, caso seja necessário. Recomendamos a seguinte leitura: https://cuidadospelavida.com.br/meu-corpo/coracao/sinais-do-infarto-aparecer-dias-semanas-antes. Estimamos melhoras.

Marlene Dantas da Silva

Estou sempre sentindo dores no peito esquerdo, como tenho muita gaze, fico pensado que é gaze. Tenho muito medo de ser sinal de um enfarto, já faz muitos anos.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Marlene. Conforme o Dr. alerta, este é um sintoma-chave e que merece atenção, portanto é importante que vá o quanto antes no médico para que ele faça os exames e tome as medidas necessárias. Desejamos melhoras, até breve!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.