Doença silenciosa: A ausência de sintomas da hipertensão pode prejudicar o tratamento?


  • +A
  • -A
Imagem do post Doença silenciosa: A ausência de sintomas da hipertensão pode prejudicar o tratamento?

A hipertensão é uma doença crônica que provoca o aumento da pressão arterial, mesmo em momentos de repouso, colocando em risco não só a saúde do sistema cardiovascular como de todo o corpo. Uma de suas principais características é a ausência de sintomas na maior parte dos casos, o que pode acabar atrasando o diagnóstico e atrapalhando o tratamento. Por isso, a hipertensão é conhecida como uma doença silenciosa.

 

Falta de sintomas da hipertensão dificulta diagnóstico e busca por tratamento

 


Segundo o cardiologista Francisco Flávio Costa Filho, a hipertensão é traiçoeira. “Mesmo quando está descontrolada, machucando nossos vasos sanguíneos do cérebro, coração, rins e olhos, ela pode não trazer nenhum sintoma! Por não sentirmos nada, não tomamos nenhuma atitude para resolver o problema”, diz o médico.

Esta falta de ação faz com que o indivíduo com pressão alta não consiga controlar a doença e, consequentemente, tenha um risco maior para algumas das principais complicações da hipertensão, como infarto, derrame e insuficiência renal, em comparação aos pacientes que iniciaram o tratamento e conseguiram controlar a pressão arterial.

 

Pessoas com fatores de risco devem monitorar pressão com frequência

 


Com o passar do tempo, os prejuízos da doença vão se acumulando e os
sintomas só aparecem quando o quadro de saúde já é crítico. Para as mulheres, isso é ainda pior. “Elas procuram mais tardiamente um serviço de emergência, só quando começam a sentir os sintomas. Nas mulheres, muitas vezes, os sintomas são inespecíficos, o que atrasa o diagnóstico”, alerta o especialista.

A recomendação é não esperar o aparecimento de um sintoma para começar a desconfiar de uma hipertensão descontrolada, especialmente quem tem algum fator de risco. Quem recebeu o diagnóstico da doença, deve seguir o tratamento à risca e jamais interrompê-lo sem autorização do médico. Para quem não foi diagnosticado, o ideal é procurar uma farmácia ou posto médico para aferir a pressão periodicamente.

 

Dr. Francisco Flávio Costa Filho é cardiologista formado pela Universidade Federal do Ceará e atua em São José dos Campos (SP). CRM-SP: 141903

 

Foto: Shutterstock

TAGS
avc
cardiovascular
coracao
dor-no-peito
infarto
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Doença silenciosa: A ausência de sintomas da hipertensão pode prejudicar o tratamento?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.