Quanto tempo de repouso é recomendado para a recuperação de um infarto?


  • +A
  • -A

Logo após um infarto é recomendado que o paciente fique um tempo de repouso para não sobrecarregar o músculo que foi recentemente acometido. A duração desse repouso varia de acordo com o caso: quando o infarto gera problemas mais sérios, a tendência é que o tempo de repouso seja maior do que nos casos em que as repercussões foram menores.

 

Repouso deve ser feito pelo risco de arritmias e aumento da área que sofreu o infarto

 

“O tempo de repouso depende do infarto e do tipo de tratamento que foi realizado. Tratamento com remédios tem tempo de recuperação diferente de uma cirurgia cardíaca, por exemplo. Avalia-se se houve alguma complicação do infarto, como diminuição da força do coração, arritmias entre outros”, explica a cardiologista Caroline Nagano.

Segundo a Dra. Ana Catarina Periotto, também cardiologista, o tempo total de recuperação poderia ser estimado, em média, em 30 dias, mas depende do grau de sequela. “O repouso absoluto é indicado de 3 a 5 dias após o infarto, devido ao risco de arritmias e aumento da área infartada. Após a fase crítica nos primeiros dias do infarto, é recomendada reabilitação cardíaca com fisioterapia e exercícios”, afirma a médica.

 

Repouso deve ser breve pois sedentarismo é fator de risco para novo infarto

 

Esse repouso que é exigido na maioria das vezes se dá pelo tipo de tratamento que aconteceu. Nas cirurgias cardíacas, por exemplo, a recuperação é gradual, por conta do corte cirúrgico, assim como pelo implante de stent. Independente do tempo de repouso, é essencial iniciar, assim que possível, atividades físicas, pois o sedentarismo poderá levar a um novo infarto.

“O repouso absoluto deve ser breve. O melhor é que o paciente comece a andar o quanto antes, de preferência dentro do hospital ainda, e logo depois com novos exercícios leves”, afirma Caroline. “Após o tratamento da fase inicial, é imprescindível que o paciente faça reabilitação e atividades físicas guiadas para evitar o sedentarismo, que é um fator de risco para novos infartos”, alerta Ana Catarina.  

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Caroline Nagano

Dra. Caroline Nagano

Cardiologia

CRM: 145246 / SP

Dra. Ana Catarina de Medeiros Periotto

Dra. Ana Catarina de Medeiros Periotto

Cardiologia

CRM: 141696 / SP

TAGS
cardiovascular
coracao
infarto
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

6 comentários para "Quanto tempo de repouso é recomendado para a recuperação de um infarto?"

Ronaldo lima

Tive um infarto, depois de 10 dias dia cateterismo foi detectado parece que duas veias entupidas uma 30% e uma outra 100% no laudo resultado o médico disse que eu teria que ser avaliado por um cirurgião cardíaco para ver se resolve com medicamento.ou cirurgia… Estou com muito medo pois trabalho por.conta uma cirurgia agora nossa, gostaria de uma ajuda uma informação, o que pode ser.feito por favor. Meu número.011_ 940741939

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Ronaldo. Agradecemos por compartilhar seu relato conosco. Só é possível fazer a indicação do tratamento mais eficaz diante de uma consulta presencial com o especialista adequado. Procure atendimento com um cardiologista para que ele possa orienta-lo de forma completa. Continue nos acompanhando para receber mais dicas, informações e matérias como essa. Abraços.

Maria Dolores dos Santos

Tive um infarto dia 03/05/2019 fique na UTI onze dias fiz o cateterismo mais não deu para por o stent o cardiologista explicou que duas artérias estão entupidas 100% e que o meu caso só cirurgia como estou bem me deram alta com repouso de 07 dias e aguardar a cirurgia,estive internada no hospital Mário Covas de Santo André São Paulo.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Maria. Agradecemos por você compartilhar seu comentário conosco. Desejamos sucesso no seu tratamento. Até logo.

Fabiana Ferreira

Meu marido tem 37 anos e teve um infarto extenso que comprometeu as paredes do coração logo um cateterismo nao sera a solucao do tratamento , será que ele ainda corre risco de vida ? Tem chance de regeneração com as medicações. Ele iniciou o processo de dor do infarto por volta das 20:00 e foi atendido por vokta das 21:00 e ficou tomando medicações ate ir para a emergência do hospital .

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Fabiana. Agradecemos por você compartilhar seu relato. Só é possível indicar o tratamento mais adequado para seu marido e orienta-la de forma completa diante de uma consulta presencial. Converse com seu médico para que ele possa sanar todas as suas dúvidas de forma eficaz. Até logo.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.