Quem já sofreu um infarto tem mais chances de sofrer outro?


  • +A
  • -A
Imagem do post Quem já sofreu um infarto tem mais chances de sofrer outro?

O infarto agudo do miocárdio (mais comumente chamado de ataque cardíaco ou simplesmente infarto) possui alguns fatores de risco para a sua manifestação, tais como idade mais avançada, sedentarismo e obesidade. Além disso, a ocorrência prévia de infarto é outro fator que contribui para que o evento aconteça novamente.  

“Certamente quem já sofreu um infarto tem mais chances de sofrer outro. O paciente que já sofreu um evento do tipo é considerado de alto risco cardiovascular e possui uma chance de novos eventos em 10 anos superior a 10% para mulheres e a 20% para homens”, explica o cardiologista Gabriel Dotta.

Fatores para a ocorrência de um infarto


Os principais fatores relacionados ao infarto agudo do miocárdio são idade, hipertensão arterial sistêmica, diabetes, dislipidemia, tabagismo e história de infarto agudo do miocárdio em familiares de primeiro grau abaixo dos 55 anos para homens e de 65 anos para mulheres. “Estes fatores derivam de um grande estudo populacional iniciado em 1948 na cidade americana de Framingham, Massachusetts”.

A existência desses fatores aumenta a chance de ocorrer eventos cardiovasculares e, por essa razão, são chamados simplesmente de fatores de risco cardiovascular. “Outros fatores como excesso de peso, circunferência abdominal aumentada, sedentarismo, distúrbios do sono e estresse também estão relacionados ao aumento de risco para doenças cardíacas”.

Como prevenir um infarto?


A prevenção pode ser feita de várias maneiras e a atitude de cada um em adotar hábitos de vida mais saudáveis (não fumar, praticar atividade física regular, ter uma dieta saudável, manter o peso ideal) é fundamental. “Para eliminar a possibilidade, deve-se evitar exposição aos fatores de risco cardiovasculares ambientais, dar atenção aos fatores genéticos e mudança de comportamentos de risco”.

Dr. Gabriel Dotta é cardiologista e especialista em medicina interna. Graduado em medicina pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), especialista em medicina interna/clínica médica (SES/SC) e em cardiologia pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – CRM-SP 172.476 / www.drgabrieldotta.com.br

Foto: Shutterstock

TAGS
coracao
dor-no-peito
infarto

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

3 comentários para "Quem já sofreu um infarto tem mais chances de sofrer outro?"

Eguimar de Sousa

Sofri IAM em 08/29007, fiz cirurgia no INC Rio, hj em dia sinto com frequência ardidos no peito lado esquerdo, tenho 63 anos….devo fazer um cateterismo para verificar essas dores???ou só os medicamentos me ajudam??

Cuidados Pela Vida

Oi Eguimar, somente após uma avaliação feita pelo médico, ele poderá indicar os procedimentos necessários para identificar o motivo das dores e como eliminá-las. Realize uma consulta. Abraços.

Alexia Carvalho

Quem sofreu infarto e 1 semana depois tem uma gripe com febre, tem alguma ligação?

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.