Problemas respiratórios podem agravar a saúde cardiovascular de uma pessoa?

  • +A
  • -A

Para se curar de uma doença respiratória ou, nos casos em que isso não é possível, controlá-la, é preciso seguir à risca as medidas propostas pelo pneumologista para o tratamento. Mas, o que acontece quando esse problema desencadeia complicações também na saúde cardiovascular? Casos assim são comuns? O que fazer? Confira!

Doenças respiratórias podem causar insuficiência cardíaca


De acordo com o cardiologista Marcus Gaz, doenças respiratórias e cardiovasculares andam de mãos dadas: “Normalmente, um descompensa o outro. Ou seja, quem tem os dois tende a ter uma evolução pior e um tratamento mais complicado”. 

O especialista cita como exemplo um paciente que fuma há muito tempo e desenvolve a doença pulmonar obstrutiva crônica, a DPOC. “Essa pessoa evolui, muitas vezes, para uma condição chamada cor pulmonale. A alteração da estrutura do pulmão dificulta o bombeamento do sangue e isso causa insuficiência cardíaca, especialmente da parte direita do coração. Isso é muito comum”, afirma o médico. 

Além disso, pacientes com asma e que usam bombinhas como parte do tratamento podem ter arritmias e outros problemas cardíacos. “Esse paciente que tem problemas pulmonares e cardiovasculares é de difícil manejo. A gente precisa ponderar as medicações, descobrir as doses adequadas para que uma doença não descontrole a outra”, destaca Dr. Gaz. 

E a COVID-19? Doença também atrapalha saúde cardiovascular?


Embora o
novo coronavírus e a infecção respiratória que ele causa, conhecida como COVID-19, ainda estejam em estudos, já se sabe que a doença pode causar miocardite, uma inflamação do coração que pode descompensar problemas cardíacos e até matar. O cardiologista cita ainda outro mecanismo de ação da doença: “Como qualquer infecção que afeta os pulmões, a COVID-19 também influencia no equilíbrio cardiovascular, descompensando a pressão arterial e provocando falta de ar e arritmias”.

Pacientes com problemas cardiovasculares, como hipertensão, insuficiência cardíaca e doença arterial coronariana, estão entre os que mais têm risco de evoluir para casos graves de COVID-19. Por isso, o especialista segue as orientações do Ministério da Saúde e recomenda ficar em casa, em distanciamento social, e aplicando as medidas de higiene, como limpeza das mãos com água e sabão e uso de máscaras. 

 

Referências:

Ministério da Saúde: https://coronavirus.saude.gov.br/sobre-a-doenca#como-se-proteger

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Marcus Gaz

Dr. Marcus Gaz

Cardiologia

CRM: 135061 / SP

TAGS
cardiovascular
coracao
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

3 comentários para "Problemas respiratórios podem agravar a saúde cardiovascular de uma pessoa?"

Maria Cely Ferreira de Oliveira

Sou hipertensa e faz alguns dias semanas que minha pressão sobe rapidamente e da problemas no ouvido e fica meus ouvidos como se estivesse latejando

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.