O que são e quais são as principais diferenças entre taquicardia e bradicardia?

  • +A
  • -A

Taquicardia e bradicardia são termos muito utilizados no universo da Cardiologia e se referem à frequência dos batimentos cardíacos. Bradicardia é a palavra técnica que descreve uma frequência cardíaca abaixo do normal, enquanto taquicardia é aquela usada para quando o coração está batendo mais rápido que o normal. 

Conheça os sintomas da taquicardia e da bradicardia


“A variação normal da frequência cardíaca em repouso fica entre 60 a 100 batimentos por minuto (bpm)”, afirma o cardiologista Francisco Flávio Costa Filho. Mudanças no ritmo de batimento do coração afetam seu funcionamento, como explica o médico: “Nos casos de bradicardia, o volume de sangue ejetado será menor e isso pode fazer falta aos órgãos e células. Os sintomas podem ser
tontura, fraqueza e até desmaios“.

A taquicardia também pode provocar alguns sintomas. “O mais comum é a palpitação taquicárdica. Essa palpitação é descrita como ‘percepção do coração acelerado ou como uma batedeira no peito'”, informa o especialista. Inicialmente, esse sintoma pode ser apenas um mal-estar, mas se a frequência cardíaca aumentar muito, podem surgir também tonturas e desmaios, sintomas parecidos com os da bradicardia. 

Segundo Dr. Costa Filho, é importante procurar um médico ao perceber um ritmo cardíaco fora do normal. A história clínica, o exame físico e outros testes complementares, como o eletrocardiograma e o holter 24 horas, esclarecem se há alguma doença e se há bradicardia ou taquicardia, na maioria das vezes. A partir do diagnóstico, o tratamento será individualizado de acordo com a causa. 

Em atletas, baixa frequência cardíaca pode ser normal


Vale lembrar, entretanto, que ter a frequência abaixo de 60bpm não necessariamente indica um problema de saúde. “Pessoas treinadas, normalmente, têm uma frequência cardíaca de repouso entre 40 e 60bpm e isso é normal. O
atleta tem sua frequência cardíaca reduzida porque seu coração está tão bem condicionado que sua performance melhora”, explica o cardiologista. 


Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Francisco Flávio Costa Filho

Dr. Francisco Flávio Costa Filho

Cardiologia

CRM: 141903 / SP

TAGS
cardiovascular
coracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

3 comentários para "O que são e quais são as principais diferenças entre taquicardia e bradicardia?"

Marta

Tenho prolapso da válvula mitral, não uso medicamento,posso tomar ômega 3?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Marta. É necessário acompanhamento médico regular, e verificar junto ao especialista, essa possibilidade, para que você possa ser orientada da melhor forma possível. Abraços!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.