Dor no peito é sempre sinal de infarto? Saiba o que mais pode manifestar esse sintoma


  • +A
  • -A
Imagem do post Dor no peito é sempre sinal de infarto? Saiba o que mais pode manifestar esse sintoma

“Senti uma dor forte no peito… deve ser infarto!” Calma, não bem é assim. Nem todos os sintomas que pensamos ser um princípio de ataque cardíaco refletem diretamente em um problema no coração. Muitos desconfortos na região do tórax são sintomas de problemas não diretamente relacionados à saúde cardíaca, mas que precisam ser cuidados e diagnosticados com a mesma atenção.

De acordo com o cardiologista Roberto Felipe Correia, as dores na região do peito são bastante comuns e suas causas são diversas. “Nem sempre a dor no peito é um sinal de infarto, mas é preciso estar sempre atento”, alerta o especialista. “Existem diversos outros fatores para a pessoa sentir essas dores e as principais são a mialgia, a costocondrite ou até mesmo uma hérnia de hiato, com sintomas similares a um ataque cardíaco”.

Entenda mais sobre algumas causas das dores no peito

– Mialgia: A mialgia torácica é uma dor nos músculos do peito, consequência de traumatismo, hemorragia — com formação de hematoma e infecção —, até o uso de substâncias que irritam o organismo. Ela acontece com algum movimento involuntário, como uma tosse, respirar profundo ou espirro, especialmente depois que a pessoa fica em uma mesma posição por muito tempo. Por isso, a mialgia é bem comum à noite, durante o sono.

– Costocondrite: A grande maioria dos casos acontece com crianças. A costocondrite é uma dor no peito causada por uma inflamação na cartilagem que liga as costelas umas às outras ou ao esterno. O sintoma mais comum é dor no lado esquerdo do peito, que pode se espalhar para as costas ou abdômen. O bom é que, na maioria dos casos, essa condição desaparece naturalmente.

– Hérnia de hiato: Ainda não se sabe as verdadeiras razões que levam uma pessoa a desenvolver a doença, mas estudos apontam que a hérnia de hiato acontece quando parte do estômago sofre uma espécie de “pressão” e se projeta para dentro do tórax, por uma abertura no diafragma (camada de músculo que separa o tórax do abdômen, fundamental para a respiração). Ela normalmente acontece em maiores de 50 anos e em pessoas acima do peso.

Como os sintomas são parecidos, como posso saber se é infarto ou não?

Na hora do aperto, fica difícil manter a calma e realmente avaliar os sintomas, mas ainda que os sinais sejam parecidos, existem algumas diferenças.“Para pessoas que já tiveram infarto, fica mais fácil identificar os sintomas e até mesmo se medicar”, explica o cardiologista. “Já para quem está com essas dores pela primeira vez, o mais importante é detectar o problema logo em seu início e não deixar passar muito tempo. O infarto, por exemplo, pode acontecer na hora, mas pode também ser bem após os primeiros sintomas, então é necessário buscar o pronto atendimento. Assim, o médico solicitará exames para verificar o funcionamento do coração e prescrever medicamentos que dissolvem o coágulo que impede a passagem de sangue para o coração”.

O infarto pode ocorrer de forma silenciosa, mas, na maioria dos casos, os sinais e sintomas de um ataque cardíaco são:

– Dor no peito durante alguns minutos ou horas;

– Dor ou sensação de peso no braço esquerdo;

– Dor com irradiação para as costas, mandíbula ou apenas para a face interna dos braços;

– Formigamento nos braços ou nas mãos;

– Falta de ar;

– Suor exagerado ou suor frio;

– Náuseas;

– Vômitos;

– Tontura;

– Palidez e Ansiedade.

 

Roberto Felipe Correia é pós-graduado em Medicina do Trabalho, Cardiologia e Geriatria. Seu consultório fica na Estrada dos Três Rios, 1086, sala 603. Freguesia – Jacarepaguá, Rio de Janeiro. CRM: 55799-4

 

TAGS
cardiovascular
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "Dor no peito é sempre sinal de infarto? Saiba o que mais pode manifestar esse sintoma"

Luzimara

O que pode se dor no peito

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Luzimara e Evanilde, existem diversos fatores que podem provocar dor no peito. O ideal é realizar uma consulta, assim o médico solicitará exames para verificar o que está causando a dor e indicará o tratamento adequado. Melhoras.

Evanilde Ramalho Sousa Silva

Eu costumo sentir dores no peito, bem assim me sufocando. Geralmente quando tenho susto, ou mesmo um aborrecimento. Só que é muito rápido. É questão de segundosSe demirace não resistiram. Sou ipertessa. É tomo medicamento pela manhã, à noite

Michele

Sempre sinto dores no peito, coração disparando, já tenho isso a 3 anos, mas quando vou ao hospital a resposta é sempre a mesma, tudo normal. Pode ser ansiedade ou síndrome do pânico? Pq nessas horas, quando a dor está passando, tenho suadeira, tremores. Desde já agradeço.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.