Qual é a relação entre o excesso de oleosidade no couro cabeludo e a calvície?


  • +A
  • -A

A calvície é uma condição que provoca a queda total ou parcial do cabelo e que, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), afeta 80% dos homens acima dos 80 anos de idade, segundo as estimativas. O excesso de oleosidade, apesar não estar entre as causas do principal tipo de calvície, chamado alopecia androgenética, pode piorar o problema.

Excesso de oleosidade pode agravar a calvície


“O couro cabeludo tem uma quantidade abundante de glândulas sebáceas (estruturas que produzem sebo). Assim, quem tem tendência à oleosidade e não lava os cabelos todos os dias faz com que o
sebo em excesso obstrua os poros do couro cabeludo, prejudicando a saúde dos fios”, afirma a dermatologista Juliana Fonte. 

Isso significa dizer que a oleosidade excessiva atrapalha o crescimento dos fios ainda presentes no couro cabeludo, possivelmente levando uma piora da calvície. De acordo com a especialista, quando isso acontece, os cabelos ficam com uma aparência fraca, opaca, gordurosa e suja. 

Produção excessiva de óleo pode causar caspa


Outro problema causado pela quantidade exagerada de oleosidade no couro cabeludo é a piora do
quadro de dermatite seborreica, doença caracterizada pela inflamação da pele e que provoca coceira, vermelhidão e caspa, além de levar à queda de cabelo. 

A melhor forma de evitar a oleosidade em excesso e a dermatite seborreica é cuidando da limpeza dos fios, como explica Juliana: “Não há problema em lavar o cabelo diariamente. A frequência certa varia para cada indivíduo, dependendo da oleosidade produzida pelo couro cabeludo e dos agentes externos que se depositam no couro cabeludo e haste do cabelo”.

 

Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD): https://www.sbd.org.br/dermatologia/cabelo/cuidados/queda-de-cabelos/

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Juliana Fonte

Dra. Juliana Fonte

Dermatologia

CRM: 32136 / RS

TAGS
cabelos
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Qual é a relação entre o excesso de oleosidade no couro cabeludo e a calvície?"

Kamilla Murça

Bom dia Dra Juliana . Tenho oleosidade excessiva no meu couro cabeludo que se eu ficar um dia sem lavar o cabelo a oleosidade se alastra por toda a parte de cima da minha cabeça, incluindo raiz e fios. Gostaria de saber se há alguma forma de diminuir a oleosidade pois já tentei com métodos paleativos e nada, estava tomando o anticoncepcional Selene para testar se havia certas melhoras e houveram porém a oleosidade continua excessiva.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Kamilla. Para combater a oleosidade do couro cabeludo, o ideal é lavar os cabelos com xampus adequados prescritos pelo dermatologista. A frequência de lavagem deve ser diária ou em dias alternados, o que varia de acordo com a pessoa. Quem pratica exercícios físicos e tem o couro cabeludo muito oleoso, deve lavar diariamente. Não usar chapéus com muita frequência (pois abafam o couro cabeludo e pioram a oleosidade), não dormir com os cabelos molhados, não utilizar secador muito próximo à raiz e evitar banhos muito quentes, são algumas recomendações da dermatologista Daniela Aidar. Recomendamos que também procure por um especialista, para que faça algumas observações e se achar necessário, prescrever algum tratamento. Até breve.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.