Caspa: existem substâncias nos shampoos convencionais que podem piorar o problema?

  • +A
  • -A

A dermatite seborreica, também conhecida como caspa, é uma inflamação na pele que afeta principalmente o couro cabeludo, provocando lesões avermelhadas que descamam e coçam. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a principal forma de prevenir e tratar o problema de forma eficaz é manter a higiene dos cabelos com um shampoo adequado. Será que usar shampoos convencionais pode piorar a caspa? Descubra!

Shampoos convencionais com substâncias alcalinas podem prejudicar os fios 


Diante da grande diversidade de opções de shampoos, com composições igualmente diversas, pode ser difícil saber qual é o melhor para cada tipo de cabelo. De acordo com o dermatologista Osmar Catharin, a escolha deve ser orientada pelo nível de acidez do produto. “É importante usar shampoos levemente ácidos para manter o equilíbrio dos fios e não causar danos a eles. O ideal é usar shampoos e máscaras com pH de 4 a 5, que são levemente ácidos”, recomenda o especialista.

Dr. Catharin destaca que o uso de um shampoo anticaspa adequado para cada caso e que contenha uma fórmula com complexos condicionantes, ajuda a manter a hidratação natural do fio, prevenindo o ressecamento do cabelo, um problema comum no combate à caspa. Por isso, é fundamental procurar um dermatologista para orientar a escolha antes de começar qualquer tratamento.

Entenda como shampoos anticaspa combatem a caspa  


“Os shampoos anticaspa têm a função de fazer uma limpeza profunda dos fios e do couro cabeludo, de maneira a
remover significativamente a oleosidade e, assim, prevenir o reaparecimento da caspa e da coceira. Produtos com ácido salicílico costumam agir dessa maneira. Outro tipo de ação comum é, além de limpar o couro cabeludo, tratar os fungos e bactérias causadoras do problema. Produtos com zinco têm essa finalidade”, explica o médico.

Outros cuidados também podem ser associados ao tratamento da caspa. A SBD recomenda evitar hábitos que podem colaborar para a evolução do problema, como a má alimentação, o tabagismo e o uso de álcool, além de manter o couro cabeludo sempre limpo, evitar banhos quentes, interromper o uso de sprays, pomadas e géis para o cabelo e não usar chapéus ou bonés.

 

Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD): https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/dermatite-seborreica/3/

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Osmar Catharin

Dr. Osmar Catharin

Dermatologia

CRM: 152299 / SP

TAGS
cabelos
dermatite

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Caspa: existem substâncias nos shampoos convencionais que podem piorar o problema?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.