O que é síndrome leucopênica? Quais são os sintomas?


  • +A
  • -A

A síndrome leucopênica se caracteriza pela baixa presença de leucócitos (glóbulos brancos) no sangue, mais especificamente quando a contagem total dessas substâncias está abaixo de 4.000 células por milímetro cúbico de sangue. Como os glóbulos brancos fazem parte do sistema imunológico, ajudando a proteger o organismo de infecções e agentes estranhos, sua redução acaba trazendo riscos à saúde.   

Sintomas da síndrome leucopênica


“Os sintomas que acompanham as leucopenias são causados pela doença que está provocando essa alteração. Dependendo da  doença de base, pode haver sintomas ou não. De todo modo, o sistema imunológico está fragilizado, então há propensão para infecções bacterianas e virais. Dessa forma, os sintomas, quando existem, estão associados a infecções”, explica a alergista e imunologista Roberta Silva.

Segundo a médica, esses sintomas podem variar de um quadro leve até um muito grave, dependendo do tipo e intensidade dos leucócitos acometidos. “Alguns exemplos são: febre, mal estar, cansaço, tosse, falta de ar nas infecções respiratórias (pneumonia, sinusite), infecção de pele, meningite e até sepse (infecção generalizada)”.

Causas do problema


A síndrome leucopênica se desenvolve a partir de causas variadas. A causa é considerada primária quando é própria do indivíduo, e secundária, quando se origina de alguma doença ou fator externo. Pode ser uma variação normal relacionada com a época da vida de uma pessoa ou um problema de saúde mesmo.

“As causas da síndrome leucopênica são: infecções (dengue, malária, gripe, tuberculose, parasitoses, HIV); radiações (raio x); esplenomegalia (aumento do baço); quimioterapia  e radioterapia; doenças  autoimunes (lúpus ,artrite reumatoide); hipo e hipertireoidismo; dano ou falha da medula óssea; leucemias e tumores; medicamentos (antiarrítmicos, antibióticos, antipsicóticos, diuréticos, tranquilizantes); e carência de vitaminas e minerais”.

Diagnóstico e tratamento


Para diagnosticar a síndrome leucopênica, basta ter acompanhamento médico de rotina e realização de hemograma constante. Se o problema for verificado, é necessário investigar se existe uma doença de base por trás para saber qual deverá ser o tratamento. “Uma solução são os medicamentos estimuladores da medula óssea para produção dos leucócitos, mas sua indicação é muito específica e depende de um bom diagnóstico”.

Dra. Roberta Rodrigues da Silva é alergista e imunologista e atua em São Paulo. CRM-SP: 94054

Foto: Shutterstock

TAGS
imunidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

9 comentários para "O que é síndrome leucopênica? Quais são os sintomas?"

Silvio

Muito boa essa matéria. Parabéns. Estou passando por este problema hoje em dia. Mas fazendo exames rotineiramente e indo ao médico até aumentar meus glóbulos brancos.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Silvio, ficamos felizes que você tenha gostado. Continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

Lucia Maria de Queiroz

Eu estou tomando Leucogen exatamente para melhorar a baixa resistência, pois só vivia gripando, espirrando e com rinite insistentemente mês a mês, horrível, muita moleza, fraqueza no corpo, tomando antibióticos, e sempre do mesmo jeito. Loratadina, desloratadina, enfim. Agora estou melhorando, e essa matéria tem tudo a ver. O psicológico contribui muito pra gente adoecer. Mas no meu caso estou melhorando consideravelmente. Ótima matéria.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Lucia Maria, obrigada por compartilhar sua história conosco! Parabéns pelo empenho na busca de uma maior qualidade de vida. Abraços.

Rose ietto

Gosto muito das matérias publicadas pelo Cuidados pela Vida, sempre oportunas e esclarecedoras. Parabéns a equipe e obrigada!!

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Rose, ficamos felizes que você tenha gostado. Continue por aqui para ter acesso a essas e outras informações. Abraços.

Márcia Durão

Eu tenho leucopenia há uns 9 anos, acompanhava com o hematologista, ele só me falava pra fazer exames de acompanhamento a cada 06 meses, para não diminuir demais. Há uns 03 anos descobri que tenho hipotireoidismo e faço uso do Puran, antes, acredito que não tinha, pois sempre fazia os exames de sangue pra saber… será que essa leucopenia poderia ser causada por alguma disfunção da tireoide, mesmo que não tenha apresentado alterações nos exames de T4 E TSH anteriormente, já que depois as alterações vieram a aparecer?

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Márcia, o leucograma é um exame de laboratório que avalia a série branca do hemograma, ou seja, avalia a quantidade e a qualidade de leucócitos, as células responsáveis pela defesa do nosso organismo; este exame não avalia os níveis do hormônio estimulador da tireoide (TSH); para isso são necessários exames específicos, como o TSH e T4. O hipo e hipertireoidismo são uma das causas da síndrome leucopênica. Caso tenha mais dúvidas a respeito do seu caso especificamente, o indicado é consultar o seu médico, pois ele acompanhou todo o seu caso clínico. Abraços.

Lucia Maria de Queiroz

Saiu o resultado do meu exame de sangue (hemograma completo) e a Otorrino que cuida do meu caso, onde tomo Leucogen para melhorar minha saúde, aumentou muito o nível dos meus leucocitos brancos, então estou melhorando demais de saúde, e continuo tomando, pois a Dra. Cristiane recomendou que tomasse mais duas caixas desse medicamento.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.