A reposição de vitamina D pode facilitar a recuperação do corpo após a gripe?

  • +A
  • -A

Quem já teve gripe sabe o quanto a virose pode afetar a disposição. Diferente do resfriado, essa infecção pode causar uma prostração mais longa e dificultar a recuperação. Para adiantar a melhora da doença, alguns hábitos podem ser adotados, como é o caso da reposição de nutrientes, entre eles a vitamina D. A imunologista Brianna Nicoletti conversou com a equipe do Cuidados Pela Vida e trouxe o assunto em primeira mão para você. 

 

Vitamina D é bom para gripe? Entenda melhor a doença 

 

Para não ter dúvidas sobre o que é gripe e o que é resfriado, vai aí a explicação da Dra. Brianna. “A gripe é uma infecção respiratória causada pelo vírus influenza, transmitida por meio da aspiração de gotículas liberadas no espirro, na tosse e durante a fala de pessoas contaminadas, ou ao encostar em superfícies contaminadas e levar as mãos aos olhos, boca e nariz”, explica a médica. “Os principais sintomas são secreção nasal, coriza, congestão, dor garganta, tosse com catarro, dor no corpo e febre. O tempo de incubação varia de três a cinco dias e a fase aguda da doença dura cerca de dez dias”.

Brianna esclarece que a vitamina D pode ter papel fundamental para a recuperação do organismo infectado pela gripe, mas não de forma emergencial. “A vitamina D é importante para sua imunidade, porque além de suas outras funções (como ajudar na manutenção da nossa massa óssea), é imunomoduladora, ou seja, ela auxilia sua resposta imunológica. Porém, essa ação em seu sistema imune é a longo prazo, você deve sempre manter níveis adequados de vitamina D no organismo para que ela auxilie sua imunidade nos momentos de desafio, como é o caso da gripe”, explica a imunologista. “Não vai adiantar nada você tomar vitamina D apenas quando já estiver gripado, pois isso não terá efeito para curar a sua gripe”.

 

Hábitos que ajudam na recuperação da gripe

 

Além de manter os níveis de vitamina D altos e satisfatórios, a Dra. Brianna dá outras dicas para ajudar o corpo na recuperação da gripe de forma mais rápida. “Ficar em repouso é essencial para diminuir os sintomas da gripe, pois permite que o corpo use toda a sua energia para combater a doença. Fazer qualquer atividade física quando se está doente diminui as defesas do corpo, aumenta o risco de exposição a outros agentes infecciosos e retarda a cura; aqui também inclui alimentar-se bem (mesmo sem fome, ideal se alimentar um pouquinho várias vezes ao dia)”, explica.

Aumentar a ingestão hídrica, com o consumo de água, sucos de fruta, chás, sopas e vitaminas também evitam a desidratação causada pela febre, explica a imunologista. “Fazer lavagem nasal com soro ajuda na eliminação de secreção do nariz e reduz o desconforto na região, evitando dor de cabeça, a sensação de congestão e o desenvolvimento de sinusite. “Caso existam muitos sintomas, o médico pode recomendar o uso de alguns medicamentos chamados de ‘sintomáticos’ como analgésicos, anti-histamínicos, descongestionantes orais, além de antivirais para aliviar os sintomas e acelerar a recuperação”, finaliza a médica. 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Brianna Nicoletti

Dra. Brianna Nicoletti

Alergia e Imunologia

CRM: 113368 / SP

TAGS
suplementos

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "A reposição de vitamina D pode facilitar a recuperação do corpo após a gripe?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.