Sistema imunológico: quais são os órgãos que comandam?


  • +A
  • -A

O sistema imunológico consiste numa rede de células, tecidos e órgãos que atuam na defesa do organismo contra o ataque de agressores externos, como os vírus e bactérias. Esses agressores estimulam a formação de anticorpos pelo organismo para combatê-los. No caso das crianças, como a imunidade ainda é frágil, é fundamental cuidar da saúde para que os órgãos do sistema imune estejam sempre funcionando bem.

Principais órgãos do sistema imunológico


Os órgãos imunitários primários (medula óssea e timo) são os principais locais de formação e amadurecimento dos linfócitos. Já os órgãos imunitários secundários (linfonodos, tonsilas, baço, adenoides e apêndice cecal), atuam no sistema imunológico após a produção e amadurecimento dos linfócitos”, explica a imunologista Cláudia Lobo César.

A especialista afirma que as células do sistema imune pertencem a dois grupos principais de órgãos: os linfócitos e os macrófagos. “Os macrófagos estão contidos nos tecidos conjuntivos e no sangue (quando são chamados de monócitos), enquanto os linfócitos estão presentes no sangue e são diferenciados em dois principais: linfócitos T e linfócitos B”.

Atuação dos linfócitos e macrófagos no sistema imunológico


Um agente invasor, ao entrar no organismo, gera um mecanismo de defesa que é a resposta imune. As substâncias invasoras são detectadas pelos macrófagos, que irão atuar em sua digestão parcial e na comunicação dos demais componentes do sistema imune para que os invasores sejam totalmente destruídos eliminados. Após a atuação dos macrófagos,
os linfócitos entram em ação, ligando-se aos invasores.

“Os linfócitos são denominados células de memória. Eles guardam durante anos ou pelo resto da vida a capacidade de reconhecer agentes infecciosos com os quais o organismo já se deparou. Havendo um novo ataque por agentes conhecidos, as células de memória são estimuladas a se reproduzir, dando início ao processo de defesa do organismo em um curto intervalo de tempo”, conta a médica.

Dra. Claudia Lobo César é alergista, imunologista e pediatra, formada pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e atende em Itatiba (SP). CRM-SP: 53881

Foto: Shutterstock

TAGS
imunidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

10 comentários para "Sistema imunológico: quais são os órgãos que comandam?"

Maria Aparecida Silva Peixoto

Tem algum remédio sem ser leucogem pra aumentar a imunidade? Meu neto fica doente de quinze em quinze dias

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Maria Aparecida, toda medicação deve ser prescrita após avaliação médica. Recomendamos que leve seu a uma consulta com o especialista. Abraços.

Janice

Minha neta tem constantemente molusco isso não tem cura? Diz que é imunidade baixa

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Janice, segue o link de uma de nossas matérias com informações para você:
https://cuidadospelavida.com.br/pele-e-beleza/cuidados-com-a-pele/molusco-contagioso
Abraços.

Marcos

Prezados, meu filho fica constantemente doente e utiliza antibióticos frequentemente.Os leucócitos estão em número adequado. O médico alegou que o leucogen não seria indicado.Como podemos melhorar sua imunidade?Obrigado.

Sheila

Tenho um filho de 4 anos, que passou durante muito tempo com crises frequentes de rinite alérgica. Desde o ano passado ele começou tratamento com homeopatia, desde então meu filho não apresentou mais crises.

Carolina Russo

Tenho dois filhos o Gabriel de 10 anos e a Julia de 5 anos, ambos ficavam muito doente em principal no inverno com rinite e sinusite , graças ao tratamento com leucogen indicado pelo pediatra deles não tiveram mais as crises da rinite e da sinusite.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Carolina, obrigado por compartilhar sua história conosco! Abraços.

SIMONE SANTOS

minha filha mais nova tem 9 anos sempre muito alérgica,inclusive tivemos de fazer tratamento por 3 anos com o gástrico por conta do refluxo que tava muito acima do normal(tivemos que mudar completamente a alimentação dela)ás vezes fica com o coração apertado por ela querer as coisas e a gente quase sempre dizia não pode,graças a Deus hoje come de quase tudo;fez cirurgia de adenóide,ela fez um tratamento por um período com (allegra,montelair,leucogem,salsep e avamys) hoje ela usa só o leucogem e o avamys de vez em quando. Tem estabilizado agora tudo ok.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Simone
Que bom saber que a sua filha esta melhor, são relatos de sucesso no tratamento como o seu que fazem o programa cuidados pela vida valer a pena. Abraços

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.