Por que ter boas noites de sono é importante para a imunidade infantil?

  • +A
  • -A

Para que uma criança cresça de maneira saudável, ter atenção com a qualidade do sono é um dos pontos mais importantes. Você sabia, por exemplo, que dormir adequadamente (preferencialmente cedo, em um ambiente escuro) influencia diretamente na imunidade infantil? Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com o imunologista Marcello Bossois, que falou justamente sobre como boas noites de sono são essenciais para o sistema imunológico dos pequenos.

Por que o sono afeta tanto a imunidade infantil?

É importante destacar, antes de tudo, que existem diferentes fatores que precisam ser levados em conta para aumentar a imunidade infantil. De acordo com o imunologista Marcello Bossois, ter uma alimentação mais natural (evitando alimentos com muitos agrotóxicos), por exemplo, é um hábito bem importante para que a criança cresça saudável. 

O mesmo serve para a hora de dormir: ter um sono de qualidade, segundo o especialista, é considerado indispensável para o dia a dia dos pequenos. Quando se trata de garantir uma boa fase de crescimento e fortalecer o sistema imunológico (para evitar gripes, resfriados e quadros alérgicos), por exemplo, esse cuidado com o sono se torna ainda mais relevante. 

“A criança precisa de vários hormônios sendo produzidos. E um dos mais importantes, que é o hormônio do crescimento, é justamente produzido pela glândula pituitária durante o sono REM (Rapid Eye Movement) – que é o sono mais importante que nós temos, aquele que nos faz regenerar. O grande benefício de a criança dormir bem é ela manter uma produção constante do hormônio GH. Uma criança que dorme mal tende a crescer menos teoricamente. Essa criança também acaba tendo uma resposta imunológica inadequada”, explica o especialista.

Boas noites de sono e hábitos saudáveis ajudam a aumentar a imunidade infantil

Seguir as orientações do médico para que a criança tenha uma boa noite de sono é uma boa forma de evitar problemas no sistema imunológico. De acordo com o Dr. Bossois, existem recomendações bem simples que fazem toda diferença: “Dormir cedo (até no máximo às 21h, de preferência), não mexer no computador à noite e ter um ambiente adequado para evitar alergias. Tudo isso justamente para que o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA) não aumente a produção de cortisol (corticoide natural conhecido como hormônio do estresse)”.

Outro ponto importante é garantir que a criança tenha um bom ambiente para dormir todos os dias. Por incrível que pareça, esse aspecto é tão importante quanto definir um horário para o sono dos pequenos, pois influencia diretamente na produção de hormônios importantes para o relaxamento durante a noite. “Existe também a necessidade de adotar medidas de higiene durante o sono. Ou seja, é necessário ter um ambiente escuro para dormir. Isso porque existe outro hormônio muito importante (também produzido pela glândula pituitária), chamado melatonina, que é responsável por induzir o sono. Ela faz com que a criança fique mais relaxada e consiga dormir melhor”, explica o médico.

O problema é que a liberação de melatonina é inibida quando há muita luz no ambiente. Quanto mais iluminado estiver o cômodo, menor será a sua liberação. “Um ambiente escuro, sem luminosidade, é adequado para a entrada no sono – o que também garante que a criança produza menos cortisol durante a noite”, acrescenta o especialista. 

Para garantir boas noites de sono, é importante manter o quarto limpo e arejado

Você sabia que quadros alérgicos tendem a atrapalhar bastante o sono e, consequentemente, a imunidade das crianças? De acordo com o médico, é muito comum que crianças apresentem sintomas alérgicos (bastante ocasionados pela obstrução das vias aéreas) durante a infância. O problema é que isso tende a afetar diretamente a qualidade do sono e o sistema imunológico. Por isso, deixar o quarto bem limpo e arejado é outro ponto importante para o bem-estar dos pequenos. Segundo o médico, o cérebro de crianças alérgicas trabalha mais intensamente, impedindo o aprofundamento do sono e, assim, prejudicando a imunidade infantil. 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Marcello Bossois

Dr. Marcello Bossois

Alergia e Imunologia

CRM: 732141 / RJ

TAGS
imunidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que ter boas noites de sono é importante para a imunidade infantil?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.