Como identificar se seu filho está com imunidade baixa?

  • +A
  • -A

Nos primeiros anos de vida, é normal as crianças apresentarem infecções com frequência, já que seu sistema imunológico é mais vulnerável, ainda imaturo. Porém, isso não significa que os pais devem parar de se preocupar com a imunidade de seus pequenos. Níveis mais baixos ainda deste padrão devem ser diagnosticados e tratados o quanto antes para não comprometer o presente e o futuro da criança.

“A imunidade baixa pode ser diagnosticada na criança desde o nascimento com o teste do pezinho para imunodeficiência primária. Atualmente, este teste é feito de forma particular, sendo necessária a solicitação de um médico para sua realização”, informa a alergista e imunologista Ana Carolina da Matta. 

Sinais da imunidade baixa em crianças


Segundo a especialista, a imunidade baixa também pode provocar sinais como:
infecções de repetição (principalmente otite e pneumonias) e infecções graves (meningite, sepse, osteomielite, artrite, etc.). “Nesse caso, devemos realizar exames específicos para verificar a imunidade, como imunoglobulinas (IgA, IgM, IgG, IgE), linfócitos (CD3, CD4, CD8, etc.), dentre outros”, afirma a médica.

Dependendo do caso, a criança com imunidade baixa pode apresentar variadas infecções com risco de mortalidade e morbidade maior. Por isso, quanto mais cedo o diagnóstico for feito, menores serão as chances de sequelas e maiores serão as chances de garantir à criança uma qualidade de vida melhor. “Para investigar a imunidade, deve-se procurar um médico especialista em imunologia (imunologista)”, orienta Matta.

Tratamento e cuidados para estimular a imunidade dos pequenos


Bebês e crianças diagnosticados com imunidade baixa podem se beneficiar de tratamentos medicamentosos voltados, especificamente,
ao estímulo da imunidade. Além disso, é essencial garantir os principais cuidados rotineiros de saúde aos pequenos, no sentido de diminuir os riscos de complicações decorrentes de baixa imunidade. 

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Ana Carolina da Matta Ain

Dra. Ana Carolina da Matta Ain

Alergia e Imunologia

CRM: 112507 / SP

TAGS
imunidade
imunidade-baixa

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Como identificar se seu filho está com imunidade baixa?"

Edinalva Santos de Araujo

Adorei as informações passadas neste relato sobre imunidade baixa.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Edinalva. Ficamos felizes em saber que gostou! Este é o intuito do site, que as pessoas tenham acesso a informações e dicas sobre saúde, doenças e tratamentos. Um grande abraço!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.