Baixa imunidade: Separamos cinco sinais que mostram que o corpo está desprotegido

  • +A
  • -A

Por mais que o sistema imunológico seja intangível e invisível a olho nu, sua existência e atuação no organismo fica muito evidente com o que se sente. Quando ele está funcionando plenamente, a pessoa se sente bem, disposta, forte, e quando funciona abaixo do normal, é possível que haja um aumento na frequência de doenças. Para saber quando o corpo está com baixa imunidade e, portanto, desprotegido, é importante ficar atento a alguns sinais importantes.   

Principais sinais que apontam para a baixa imunidade


“Dentre os
sinais que indicam que a imunidade está baixa, podemos destacar os seguintes: ter quatro ou mais otites (infecção de ouvido) no período de um ano; abscessos recorrentes (furúnculos); necessidade de antibiótico na veia para combater uma infecção; dificuldade para ganhar peso ou crescer normalmente; ter sapinho por mais de dois meses”, informa a alergista, imunologista e pediatra Carolina Aranda.

Se qualquer um desses sintomas surgirem, é necessário imediatamente recorrer a um especialista para que ele possa avaliar o paciente e indicar o tratamento mais apropriado. Segundo a Dra. Carolina, dos sinais mencionados, o uso de antibiótico na veia é o mais alarmante, pois mostra que o corpo precisa de medidas extras para ajudar no combate a uma infecção.

Cuidados e tratamento medicamentoso para a imunidade


Esses sinais devem ser levados com ainda mais atenção no caso das crianças, pois estas
têm a imunidade ainda em desenvolvimento. Mesmo assim, essa fragilidade da imunidade infantil pode ser compensada com cuidados diários ligados à saúde de forma geral. Ou seja, os pais devem buscar prover aos seus pequenos uma alimentação de qualidade, boa higienização e hidratação e suplementação de nutrientes importantes, quando necessário.

O tratamento medicamentoso também é fundamental, tanto para o paciente que já apresenta baixa no sistema imunológico quanto para aquele que ainda não teve a saúde prejudicada. Ou seja, funciona na recuperação e na prevenção. Os medicamentos estimulam o sistema imunológico, ajudando a melhorar a deficiência na formação de anticorpos.  

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Carolina Sanchez Aranda

Dra. Carolina Sanchez Aranda

Alergia e Imunologia

CRM: 126819 / SP

TAGS
imunidade

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Baixa imunidade: Separamos cinco sinais que mostram que o corpo está desprotegido"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.