A importância da proteção solar labial


  • +A
  • -A

Provavelmente você já sabe dos efeitos nocivos do sol sobre a pele, como manchas, envelhecimento precoce e até doenças mais graves. O protetor solar na pele do rosto e do corpo protege contra os efeitos nocivos que levam a doenças como câncer de pele. Mas, mesmo usando protetor solar você pode estar, sem saber, deixando uma parte do seu corpo vulnerável a essas doenças e ainda à entrada de vírus como o herpes: a sua boca. Por isso, dermatologistas recomendam o uso do protetor solar labial.

O sol em excesso e sem proteção pode fazer mal, pois “tem efeito imunossupressor, ou seja, a exposição solar pode reduzir as defesas naturais do nosso organismo”, explicou o dermatologista Alexandre Fabris. Por isso é importante que o seu hidratante labial tenha filtro solar.

Além de bloqueio contra os danos do sol, o uso frequente de protetor labial também serve como uma proteção extra no local. Os lábios precisam especialmente desse reforço por se tratar de uma mucosa, que é uma camada de revestimento mais delicada do que o resto do corpo: “As mucosas têm uma camada mais fina de queratina, que é uma defesa contra micro-organismos como o que causa o herpes”. A pele, quando desidratada, é mais sujeita a inflamações e dermatites, principalmente as mucosas. “Já uma pele hidratada e íntegra tem menor chance de ser infectada”, explicou o especialista.

Durante períodos de alterações climáticas, a boca pode ficar ainda mais exposta ao ataque de vírus que causam o aparecimento do herpes. Por exemplo, no inverno, a umidade do ar fica mais baixa, deixando a pele mais seca. Além disso, os banhos são mais quentes, o que facilita a remoção da oleosidade natural da pele. Como resultado, nessa época é comum observar os lábios com fissuras e descamação da pele. Esse tipo de sensibilização “pode levar ao reaparecimento do herpes ou servir como fator desencadeante para o contágio”, contou o Dr. Alexandre Fabris.

Já para prevenir as rachaduras e o aparecimento de “pelinhas” que soltam nos lábios, junto com o uso do protetor solar labial, deve-se ingerir uma quantidade suficiente de água. Para ter uma hidratação de dentro para fora, “normalmente são necessários 2 a 3 litros de água por dia”. A quantidade varia de acordo com o peso de cada pessoa, e é preciso levar em consideração também se faz muito calor ou quais as atividades físicas desempenhadas diariamente. Aliado à ingestão de água, o hidratante solar labial pode então prevenir a perda de água pela pele, mantendo-a hidratada.

Fonte:

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Cuidados com a pele no inverno. Disponível em: http://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/cuidados/cuidados-com-a-pele-no-inverno/. Acesso em Out 18.

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Alexandre Fabris

Alexandre Fabris

Dermatologia

CRM: CRM 100.643/ RQE 30933 / SP

TAGS
farmacia
imunidade-baixa

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "A importância da proteção solar labial"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.