Tosse seca: veja dicas para encarar esse problema comum quando a temperatura cai


  • +A
  • -A

A tosse é uma reação produzida pelo sistema respiratório e que tem o objetivo de expulsar qualquer substância ou micro-organismo que esteja afetando o corpo. Trata-se de um reflexo causado por uma irritação nas vias aéreas e que pode ser dividido em dois tipos: tosse seca e produtiva.

Diferenciando os tipos de tosse

A tosse produtiva é caracterizada pela presença de secreções, chamadas de catarro. A tosse movimenta a secreção empurrando-a para fora do corpo. Já a tosse seca é aquela que não apresenta catarro e pode ser causada por rinite alérgica, sinusite, asma, por problemas cardíacos, pelo fumo e pelo uso de medicamentos.

Tanto a tosse seca quanto a produtiva são mais frequentes durante as estações mais frias do ano. “O frio, os poluentes e a baixa umidade que acompanham o período do inverno agridem as vias aéreas, irritando e inflamando suas células”, explica o pneumologista Ciro Kirchenchtejn. Além disso, o maior contato com fungos, vírus e mofos, devido a maior permanência em ambientes fechados, também resseca e irrita o sistema respiratório.

Como contornar a tosse seca

Existem algumas medidas que ajudam a driblar o problema. A primeira delas é manter o corpo e as vias aéreas sempre hidratados, mesmo no inverno e, assim, diminuir a irritação. É importante ainda, evitar a circulação por lugares fechados e muito cheios. Em casa, procure manter as janelas abertas e deixar tapetes, carpetes e cortinas sempre limpos.

Mas, para eliminar de vez o problema, Kirchenchtejn recomenda uma investigação mais profunda sobre as possíveis causas da tosse seca. “Quando se apresenta tosse por mais de duas semanas, é fundamental procurar serviço médico para diagnosticar que mecanismo está provocando a tosse e qual o órgão acometido, para oferecer o tratamento mais adequado”, afirma o pneumologista.

Dr. Ciro Kirchenchtejn é pneumologista formado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e atua no Hospital Alemão Oswaldo Cruz em São Paulo. CRM-SP 50579

TAGS
asma
dpoc

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Tosse seca: veja dicas para encarar esse problema comum quando a temperatura cai"

Maria graca moraes alves

Estou fazendo tratamento na Cruz Vermelha sem alergia,mais. nao to melhorando mais tbm estava tomando um anti depressivo mais parei

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Maria, Quando se apresenta tosse por mais de duas semanas, é fundamental procurar serviço médico para diagnosticar que mecanismo está provocando a tosse e qual o órgão acometido, para oferecer o tratamento mais adequado, procure um pneumologista. Lembrando sempre que abandonar o tratamento de qualquer doença é muito perigoso, isso pode potencializar os sintomas da doença agravando ou até mesmo trazendo consequências ainda mais prejudiciais. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.