Quais são os diferentes tipos de asma que existem?


  • +A
  • -A

A asma pode ser dividida em dois tipos: alérgica e não alérgica. O primeiro consiste no quadro provocado por substâncias alergênicas (pólen, poeira, mofo, pelos de animais) e o segundo, por substâncias não alergênicas (ar seco, estresse, clima frio, ansiedade). A doença também pode ser dividida por gravidade (leve, moderada e grave).

“Existem dois tipos de asma: a extrínseca, ou alérgica, e a intrínseca, ou não alérgica. A primeira, como o nome sugere, é provocada por alérgenos. Já a asma intrínseca é aquela de causa não induzida pela exposição de um antígeno inalado. Pode ser desencadeada pelo frio, exercícios, aspirina e ansiedade”, afirma o pneumologista José Eduardo Martinelli.

 

Sintomas da asma

 

Em ambos os casos, os sintomas serão basicamente os mesmos, porém o tratamento terá diferenças, já que se pauta bastante em excluir contato com os fatores estimulantes das crises. Os pacientes com asma normalmente sofrem com tosse, sensação de falta de ar e de sufocamento, fadiga, pressão no peito, dentre outros.

Segundo o especialista, a asma é mais grave de acordo com a manifestação de seus sintomas. “Há pacientes que, ao entrarem em contato com os alérgenos, iniciam um quadro de espirros frequentes que se segue a uma tosse seca irritativa e falta de ar com chiado no peito. Outras pessoas, a partir do contato com o alérgeno, entram em insuficiência respiratória em questão de minutos”, afirma Martinelli.

 

Medicamentos são essenciais no tratamento da asma

 

Além de evitar os fatores que provocam a exacerbação da asma, o tratamento da doença muitas vezes depende do uso de medicamentos específicos, administrados por via inalatória, capazes de amenizar os sintomas envolvidos. O uso de corticoides é importante para controlar a doença, reduzindo a frequência e a gravidade das crises. Já no evento de uma crise, broncodilatadores podem ser usados para trazer alívio rápido aos sintomas e garantir a respiração dos pacientes. 

 

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. José Eduardo Martinelli

Dr. José Eduardo Martinelli

Geriatria

CRM: 27875 / SP

TAGS
asma
respiracao
tosse

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "Quais são os diferentes tipos de asma que existem?"

Júlia Augusta Pereira Pescuma

Sofro de asma desde os 4 anos , tenho a alergica ea intrínseca . Sofro com pneumonias recorrentes e tenho muito medo de ficar com enfisema .Mudei duas vezes de cidade procurando melhor. Na primavera e verão passo bem .Paro o tratamento para o organismo descansar e reagir . Quando digo que estou c asma tem gente que acha : é o mesmo de sempre já se acostumou é normal . Só quem tem sabe o quanto sofremos.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Julia, seguindo o tratamento indicado pelo pneumologista os sintomas da doença podem amenizar melhorando sua qualidade de vida. temos mais uma matéria que pode te ajudar, confira no link abaixo. Abraços.

https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/asma-e-bronquite/nebulizadores-tratamento-asma

Fabiana oliveira sena

É horrível sem comentário.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Fabiana. A asma é uma das doenças respiratórias mais comuns, segundo o Ministério da Saúde. Ela inflama as vias aéreas e dificulta a passagem de ar para os pulmões. Como consequência, as pessoas podem apresentar falta de ar, chiado no peito, tosse e sudorese. Buscar atendimento com o pneumologista é importante para iniciar o tratamento adequado e assim trazer maior controle dos sintomas amenizando também as crises. Até logo.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.