Longe das crises! Saiba como o fortalecimento da imunidade pode ajudar os pacientes com asma ou bronquite a respirar melhor


  • +A
  • -A

Uma mudança de temperatura ou uma faxina na casa já podem ser suficientes para desencadear crises em pacientes que sofrem de asma ou bronquite. As doenças que acometem as vias respiratórias podem trazer muitos incômodos, mas uma imunidade fortalecida pode ser um fator-chave para combater o problema. Da alimentação aos medicamentos, existem diferentes meios de evitar a crise e buscar uma vida mais saudável.

Entendendo as diferenças entre asma e bronquite

Apesar de serem comumente confundidas, asma e bronquite são doenças diferentes. “A asma é uma doença de origem genética, que pode ocorrer em qualquer idade, desde a criança até o idoso”, comenta a Maria de Fátima E. Emerson, especialista em alergia e imunologia. Caracteriza-se por uma inflamação das vias aéreas em resposta a alguns estímulos, como exposição à fumaça ou poeira, sendo a falta de ar seu principal sintoma. “Já o termo bronquite foi muito utilizado para designar formas leves de asma. É importante diferenciar da bronquite crônica, uma forma de doença pulmonar obstrutiva crônica, que ocorre em adultos e tem grande relação com o tabagismo”.

Alimentação e exercícios

Vegetais crucíferos, como couve flor e brócolis, alimentos ricos em Vitamina C, fibras, peixe e frutas, são benéficos para esses pacientes. “Uma dieta equilibrada e saudável é ideal como um ganho nutricional”, diz Maria. Esta orientação, no entanto, deve ser personalizada de acordo com as necessidades de cada paciente.

Em relação à prática de exercícios físicos, muitos creditam a natação como uma importante atividade para quem sofre de problemas respiratórios. “A natação fortalece a musculatura respiratória, mas não é um remédio ou um tratamento. É preciso controlar a doença para permitir a prática esportiva plena”, alerta.  A médica ressalta ainda que o próprio cloro da piscina pode agravar sintomas nasais, além do fato de que crises podem ser deflagradas pelo exercício físico.

Hábitos importantes para fortalecer a imunidade

A boa resposta do sistema imunológico depende de vários fatores, como alimentação saudável, hábitos adequados e sono tranquilo. “No caso da asma também contribui o controle dos fatores que possam desencadear ou agravar crises”. Existem ainda medicamentos que agem no fortalecimento da imunidade, contribuindo com a capacidade de defesa do organismo. Os chamados imunomoduladores agem como coadjuvante no tratamento das doenças infecciosas bacterianas ou virais reduzindo suas incidências.


Dra. Maria de Fátima E. Emerson é médica do serviço de alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro, professora do curso de pós-graduação da Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP FASE), membro da Câmara Técnica de Alergia e Imunologia do CREMERJ, coordenadora da Comissão de Atendimento à Comunidade da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia – ASBAI (nacional e regional RJ): www.asbai.org.br e www.asbairj.org.br. CRM: 309942-RJ

TAGS
asma
dpoc
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Longe das crises! Saiba como o fortalecimento da imunidade pode ajudar os pacientes com asma ou bronquite a respirar melhor"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.