DPOC: por que lábios e unhas de pacientes com a doença ficam azulados?


  • +A
  • -A

Pacientes que apresentam doenças cardíacas e também respiratórias, como a doença pulmonar obstrutiva crônica, a DPOC, em estágios avançados, podem apresentar lábios e extremidades dos pés e das mãos em tons azulados. Diante dessa manifestação, os pacientes devem procurar ajuda médica para receber o diagnóstico e procurar formas de tratamento.

O que é cianose?

 

A mudança na coloração dos lábios e das unhas recebe o nome de cianose. Trata-se de um sinal clínico da redução da quantidade de oxigênio no sangue, que se torna mais escuro, problema chamado de hipoxemia. “A cianose é um sinal tardio de hipoxemia, já que baixos níveis de oxigênio na circulação sanguínea podem já estar presentes antes do paciente se tornar cianótico”, afirma a pneumologista Luiza Helena Degani Costa.

A cianose é mais comum em locais de grandes altitudes. Nessas regiões, a concentração de oxigênio na atmosfera é menor, o que resulta na menor oxigenação do sangue. Não é incomum que esportistas que escalam montanhas muito altas carreguem suplementos de oxigênio para evitar problemas durante a prática esportiva.

Outra manifestação grave da DPOC

 

Além da cianose, um sintoma que aparece em casos graves, existem outros sinais que o corpo demonstra quando sofre com asma e bronquite crônica. “Mais frequentemente, pacientes com DPOC apresentam aumento do diâmetro do tórax, demora mais que o normal para soltar o ar e respira com dificuldade”, explica a médica. Segundo ela, o médico e o paciente podem escutar chiados no peito, outra consequência do agravamento da doença.

Caso apresente lábios, unhas ou outras partes do corpo azuladas, em associação a dores no peito, falta de ar e acúmulo de fluidos no pulmão, procure atendimento médico com urgência para que a causa do problema seja avaliada. O profissional deverá avaliar o histórico clínico e poderá realizar exames cardíacos, respiratórios e de raios X.

 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Luiza Helena Degani Costa

Dra. Luiza Helena Degani Costa

Pneumologia

CRM: 139095 / SP

TAGS
dpoc
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

11 comentários para "DPOC: por que lábios e unhas de pacientes com a doença ficam azulados?"

Silvana Soares

A minha mãe sofre com esta patologia tem DPOC a mais de 5 anos, foi fumante e hoje vive com auxílio de oxigênio por 24 horas por dia.Está matéria explica bem como tudo acontece só não explica que não tem como renejeraram o pulmão ou seja depois da perca dos alvéolos pulmonares eles não há reabilitação o tratamento se torna paliativo?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Silvana. O especialista afirma que os principais sintomas da DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica) são falta de ar, tosse e dificuldades respiratórias. Para que estes sejam controlados, é necessário que o paciente busque o tratamento adequado. Como a doença não tem cura, o tratamento deve ser seguido constantemente para que o paciente consiga manter sempre uma boa qualidade de vida por meio do controle dos sintomas. Abraços.

Candice de albuquerque

Tenho asma desde o nascimento,já fiz varios tratamentos.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Candice. Agradecemos seu comentário. Há tipos variados de asma e a doença pode afetar tanto crianças e adultos. Segundo a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, o tratamento da asma deve ser individualizado, pois cada asmático pode se dar melhor com uma abordagem específica. É fundamental que você mantenha o acompanhamento médico correto e constante, a maioria das pessoas com asma podem levar uma vida absolutamente normal, pois o objetivo do tratamento é melhorar a qualidade de vida, por meio do controle dos sintomas e pela melhora da função pulmonar. Abraços!

Marci pereira

Tenho asma desde menor e tenho dezoito anos, to tendo crises mais vezes. Será se vou precisar fazer a oxigenoterapia?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Marci. A asma é uma das doenças respiratórias mais comuns, segundo o Ministério da Saúde. Ela inflama as vias aéreas e dificulta a passagem de ar para os pulmões. Como consequência, as pessoas podem apresentar falta de ar, chiado no peito, tosse e sudorese. Algumas substâncias, como a poeira e a fumaça do cigarro, ao entrar em contato com o sistema respiratório, são capazes de desencadear novas crises da doença. Para a indicação do tratamento mais adequado é necessário buscar atendimento com o pneumologista, assim será possível amenizar os sintomas e controlar as crises. Até a próxima!

helio joice de souza

oi boa noite tenho dpoc faço tratamento com spiriva e alenia a mais de 10 anos queria saber se um lugar com baixa altitude pode melhorar meu caso exemplo o litoral como santos eu moro em Sorocaba nestre tempo de frio tenho mais dificuldade em respirar desde já te agradeço por uma resposta sua obrigado

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Helio. Conforme o Dr. Jaime Ferreira Baetas Junior, em altitudes altas, acima de 2.500 metros, causa uma série de mudanças no organismo humano, se não estiver sob controle a asma, pode prejudicar a respiração. Mas, mais comumente, o frio também prejudica a respiração, por estar associado ao ressecamento das vias aéreas, ao aumento da inflamação e a maior chance de fechamentos dos brônquios, assegura o Dr. Rodrigo Athanazio, que também alerta, durante o tempo frio, manter-se devidamente hidratado, uma boa alimentação, boa qualidade de sono, evitar locais de aglomeração e ter higiene adequada das mãos, são medidas importantíssimas para poder melhorar o quadro. Até a próxima!

Eunice

Olá… também tenho DPOC faço uso de alenia sabutamol e clenil é muito importante essa matéria sobre a DPOC ajuda bastante nós que sofremos dessa enfermidade … obrigado

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Eunice. É bom saber que nossas matérias têm sido úteis sobre DPOC. Neste link temos outras leituras recomendadas: https://cuidadospelavida.com.br/busca/DPOC. Abraços.

roqueavila.n@hotmail.com

De que adianta. A doença não tem cura. Pneumologistas incapazes de descobrir a cura

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.