DPOC: Como identificar o enfisema pulmonar?


  • +A
  • -A

A DPOC, doença pulmonar obstrutiva crônica, é um conjunto de doenças respiratórias que, segundo o Ministério da Saúde, lesionam o corpo humano sistemicamente. O enfisema pulmonar é uma das principais doenças que fazem parte da DPOC. Identificá-lo precocemente é muito importante para o sucesso do tratamento e a manutenção da qualidade de vida. Veja como isso possível. 

Paciente com falta de ar pode desconfiar de enfisema pulmonar


O enfisema pulmonar é uma doença de evolução lenta que dificulta a respiração e é caracterizada pela destruição das paredes dos alvéolos,
causada principalmente pelo tabagismo. De acordo com o pneumologista Paulo Faleiros, seus sintomas são parecidos com os vistos em casos de asma: “Tosse, com ou sem secreção, falta de ar e chiadeira”.

Para o médico, um paciente não consegue identificar o enfisema pulmonar em casa. “Ele pode suspeitar, por causa de alguns sintomas, mas o diagnóstico é feito pelo médico, com base na história do paciente, dos sintomas, das exposições e de exames”, explica o especialista. 

Essas exposições a que o profissional se refere estão entre as principais causas da DPOC e do enfisema. O tabagismo é responsável pelo maior número de casos, mas quem tem ou teve durante muito tempo contato com a fumaça provocada pela queima de madeira, carvão e querosene, além de contato com poeira, poluição ambiental e produtos químicos, deve ficar atento, já que estes são considerados fatores de risco do enfisema pulmonar.

Espirometria confirma diagnóstico da doença


O exame mais utilizado para o diagnóstico da DPOC é a
espirometria. “É um exame em que em pessoa tem que soprar dentro de um aparelho, que medirá a forma como o ar está passando pelo circuito”, afirma Dr. Paulo. Chamada também de teste do sopro, a espirometria indica a quantidade de ar soprado, que deverá ser comparada ao valor esperado em pessoas saudáveis  para avaliar o grau de acometimento dos pulmões. 

 

Dados do Ministério da Saúde: http://legado.brasil.gov.br/noticias/saude/2012/04/enfisema-pulmonar-e-bronquite-cronica

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Paulo Faleiros

Dr. Paulo Faleiros

Pneumologia

CRM: 123869 / SP

TAGS
cigarro
dpoc
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "DPOC: Como identificar o enfisema pulmonar?"

Maria José Virgílio dos Santos

Tenho insuficiência respiratória

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Maria. Após o diagnóstico é fundamental que mantenha acompanhamento médico e realize o tratamento adequado, para garantir que você tenha um equilíbrio e diminua a possibilidade de complicações. Segue matéria com mais informações sobre o assunto: https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/asma-e-bronquite/insuficiencia-respiratoria-sintomas Abraços!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.