DPOC: Além dos pulmões, que outras áreas do sistema respiratório podem ser comprometidas pela doença?

  • +A
  • -A

DPOC é a sigla utilizada para se referir à doença pulmonar obstrutiva crônica, uma síndrome que vai progressivamente diminuindo a capacidade de funcionamento dos pulmões, causando dificuldade de respirar, tosse, chiado no peito e cansaço. É uma doença que, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), representa a terceira maior causa de morte no mundo. Além dos pulmões, será que outras áreas do sistema respiratório também podem ser comprometidas? Descubra!

DPOC afeta pulmões e brônquios 


O pneumologista Mauro Gomes explica que durante a respiração, antes do ar chegar aos pulmões, ele percorre a traqueia e os brônquios, que também podem ser obstruídos durante a evolução da doença. “Em um quadro de DPOC, ocorre uma inflamação crônica dos brônquios, causando a bronquite crônica, e também uma destruição dos alvéolos, que são as células que formam os pulmões, o que origina o enfisema pulmonar”, informa o especialista.

Nos casos de bronquite crônica, a inflamação dos brônquios e o excesso de muco produzido provocam a obstrução das vias aéreas e, consequentemente, dificultam a passagem de ar. Já nos casos de enfisema pulmonar, a deterioração dos alvéolos e de suas paredes intensificam a falta de ar porque prejudica a região em que as trocas gasosas ocorrem.

É possível reverter os danos nas outras áreas do sistema respiratório?


O tratamento da DPOC é feito a longo prazo e com medicações que visam controlar a doença, como os remédios broncodilatadores e os anti-inflamatórios. Segundo Dr. Gomes, apenas
parte da função pulmonar comprometida pela doença pode ser reabilitada, mas os medicamentos conseguem melhorar a qualidade de vida de quem sofre com os sintomas.

“A DPOC é uma doença progressiva e irreversível. Os medicamentos aliviam os sintomas e podem recuperar apenas parcialmente a capacidade pulmonar. A reabilitação pulmonar com a fisioterapia respiratória e, muitas vezes, com o uso do oxigênio em casos mais graves e avançados também colabora para melhorar a qualidade de vida do paciente”, cita o médico. 

Vale lembrar que é fundamental para o tratamento a mudança de hábitos que podem causar e agravar a doença, como o uso de cigarros, cachimbos, charutos e narguilés. É recomendado ainda que fumantes e ex-fumantes mantenham um acompanhamento médico regular, já que aproximadamente 80% dos casos decorrem do tabagismo.


Dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT):
https://sbpt.org.br/portal/dia-mundial-dpoc-2018/

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Mauro Gomes

Dr. Mauro Gomes

Pneumologia

CRM: 59917 / SP

TAGS
bronquite
cigarro
dpoc
respiracao
tosse

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

1 comentário para "DPOC: Além dos pulmões, que outras áreas do sistema respiratório podem ser comprometidas pela doença?"

Angela Maria de Lima Oliveira

Preciso de usar o aparelho de CPP mais não sei onde encontrar um mais barato. Tem como indicar aonde comprar.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.