Com qual idade é possível realizar o diagnóstico da asma?

  • +A
  • -A

Segundo a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), a asma é uma doença que provoca a inflamação das vias aéreas, chamadas de brônquios, estruturas responsáveis pelo transporte de oxigênio até os pulmões. A descoberta da doença é fundamental para o controle dos sintomas e para a melhoria da qualidade de vida de crianças e adultos. Veja a partir de que idade o diagnóstico da asma pode ser feito. 

Diagnóstico da asma pode ser feito na infância

 

De acordo com o pneumologista José Eduardo Martinelli, é possível fazer o diagnóstico da asma quando o paciente começa a apresentar os sintomas da doença: “Normalmente, a musculatura dos brônquios se forma por volta dos 9 meses de idade. Então, uma crise asmática pode começar a se manifestar aos 9 meses”. 

Embora não haja uma idade certa para o início dos sintomas da doença, o médico diz que a maioria dos casos surge por volta dos 2 anos de idade. Entre os sintomas mais frequentes da asma em crianças e adolescentes, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), estão a falta de ar, o chiado no peito e o cansaço recorrente. 

“Existe também uma condição clínica mais nova chamada de bebê chiador. É o que acontece com uma criança de 4 ou 5 meses de idade e que já tem chiado no peito. Não é de toda certeza, mas provavelmente, essa criança vai ser asmática”, explica o especialista. 

Entenda como é feito o diagnóstico da asma!

 

Segundo Dr. Martinelli, o diagnóstico da asma é feito da mesma forma em crianças e em adultos: “Não existe diferença no diagnóstico. Ele é clínico, ou seja, você vai se basear nos sintomas e, eventualmente, em exames complementares, como uma prova de função pulmonar”. 

Essa prova mede a quantidade de ar que o paciente consegue soprar em um aparelho num tempo determinado pelo médico e serve para avaliar se existem problemas ou limitações no funcionamento dos pulmões. O teste também é chamado de espirometria por causa do nome do aparelho, que se chama espirômetro.

Já durante a conversa no consultório, o médico avaliará se o paciente tem os sintomas mais comuns da asma (chiado, tosse e falta de ar) e perguntará sobre a história do paciente. “É muito comum a criança deixar de ter crise entre os 7 e 14 anos e essa remissão pode durar a vida toda, como também pode ser interrompida depois de 40 ou 50 anos. Aí a história familiar é muito importante: perguntar se o adulto se lembra de ter tido crises na infância e perguntar sobre familiares com asma”, destaca o pneumologista. 

 

Dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT): https://sbpt.org.br/portal/espaco-saude-respiratoria-asma/

Dados da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP): https://www.sbp.com.br/especiais/pediatria-para-familias/doencas/asma-na-infancia-e-na-adolescencia/

Foto: Getty Images

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. José Eduardo Martinelli

Dr. José Eduardo Martinelli

Geriatria

CRM: 27875 / SP

TAGS
asma
respiracao
tosse

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Com qual idade é possível realizar o diagnóstico da asma?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.