De que forma o clima mais seco agrava os episódios de alergias respiratórias?


  • +A
  • -A

Basta chegar o inverno para que o tempo fique mais seco e algumas doenças comecem a se manifestar. Mas não são apenas doenças que marcam este período do ano, as alergias também dão as caras e incomodam muita gente. Mas por que isso acontece e como fazemos para melhorar essa situação?

Clima seco pode ser agravante

As alergias acontecem devido à invasão de antígenos, chamado de alérgenos, que são atacados pelo sistema imunológico do corpo, que logo reage ao notar uma presença estranha no organismo. Este processo se agrava quando o tempo fica mais seco,  principalmente em estações do ano como o outono e o inverno, quando as pessoas preferem ficar em lugares fechados: “Na realidade, o tempo seco, para pacientes com alergias respiratórias, é, de forma geral, benéfico. Os ácaros e fungos, responsáveis por muitos casos de alergia respiratória, gostam de umidade. Contudo, no Rio de Janeiro, por exemplo, o tempo mais seco coincide com o inverno, e, nessa época de mais frio, costumamos preferir ambientes fechados, o que nos coloca em maior contato com esses alérgenos”, esclarece a alergista Érica Azevedo.

Segundo a Laira Vidal, também alergista, o clima seco “promove um ressecamento da mucosa do sistema respiratório”, o que a torna mais suscetível à inflamação alérgica.

Sem cura, mas sob controle

As alergias, infelizmente, não têm cura. No entanto, há como tratá-las para que sejam controladas, dando um alívio a quem sofre com isso. O tratamento, que pode envolver medicações tópicas nasais, antialérgicos e vacinas imunoterápicas, é individualizado e depende da forma que a alergia se manifesta, podendo ser rinite ou asma. “De acordo com estudos clínicos, as vacinas antialérgicas são capazes de reduzir os sintomas em 90%, determinando maior qualidade de vida para o paciente”, afirma a Dra. Laira.

Algumas dicas podem amenizar os episódios alérgicos nesta época do ano, no entanto, algumas delas são pouco seguidas pelas pessoas, como, por exemplo, deixar o ar frio circular pela casa, saindo da zona de conforto: “Apesar do tempo mais frio, é importante manter janelas abertas e o ambiente arejado e fazer atividades ao ar livre. Como normalmente guardamos os agasalhos no verão, para tirá-los somente no inverno, é importante lavá-los e deixá-los pegar sol antes de usá-los. Muitos pacientes pioram apenas de colocar um casaco guardado há muito tempo”, orienta Érica.

Dra. Érica Azevedo é alergista e imunologista pela Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai).  Atende em seu consultório na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro/RJ – CRM: 52-83907-8 –  ericaazevedo.com.br

Dra. Laira Vidal é alergista e imunologista, formada pela UFRJ e diretora-médica da Clínica de Alergia Alergolife, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – CRM 864129 – laira.com.br

TAGS
asma
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "De que forma o clima mais seco agrava os episódios de alergias respiratórias?"

Suzania santos moura

Verdade é assim mesmo,eu q o diga não é fácil.

Célio Alves

Eu fiz cirurgia de sinosectomia e correção de desvio do sépto. Não sei porque, mas tenho a impressão que minha qualidade de vida ficou pior, apesar de ter alguns cuidados, como lavar sempre o nariz com soro fisiológico. Só consigo manter uma boa qualidade com o uso contínuo de medicamentos nasais, como busonid e avamys. Minha dúvida é, esses medicamentos podem causar algum tipo de vício ou causar sequélas? Uma médica me disse que a medicação pode aumentar a pressão do olho, é verdade?

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.