html Asma ou DPOC: Descubra como diferenciar as duas doenças respiratórias

Asma ou DPOC: Descubra como diferenciar as duas doenças respiratórias


  • +A
  • -A

Cuidar da saúde dos pulmões e do sistema respiratório é muito importante para todo o corpo, já que problemas graves nessa parte do organismo podem afetar seriamente a qualidade de vida. Dois exemplos são a asma e a DPOC, doenças diferentes, mas que apresentam semelhanças importantes. O pneumologista Franco Martins ajuda a diferenciá-las.

 

DPOC é causada pelo tabagismo, enquanto asma costuma surgir em crianças

 

“A asma é um quadro de alteração da imunidade e que classicamente se inicia na infância. Está associada a alergias e piora com contato com odores, como perfume, produtos de limpeza e fumaça”, explica o médico. Além disso, são comuns os casos em que a asma está acompanhada de rinite alérgica e alergias na pele.

Já a DPOC, doença pulmonar obstrutiva crônica, é um conjunto de doenças, sendo o enfisema pulmonar e a bronquite crônica as mais comuns. “É prevenível e causada pelo tabagismo ou contato com fumaça tóxica. É mais comum em adultos, cujos pulmões e brônquios sofrem com inflamação e destruição após alguns anos”, afirma o especialista.

 

Tosse e falta de ar são sintomas da asma e da DPOC

 

Apesar dessas diferenças, os sintomas da asma e da DPOC são muito parecidos. Tosse, cansaço, falta de ar, chiado no peito e, em situações mais extremas, lábios azulados, são alguns sintomas. Além disso, as duas doenças podem aparecer juntas em um mesmo paciente, o que atrapalha ainda mais a diferenciação.

De acordo com o pneumologista, o diagnóstico é feito com base no histórico do paciente, analisando há quanto tempo os sintomas estão presentes e se há consumo de cigarros, por exemplo. A prova de função pulmonar, também chamada de espirometria, é um exame que verifica o funcionamento dos pulmões e que pode ser realizada para ajudar no diagnóstico.

 

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dr. Franco Martins

Dr. Franco Martins

Medicina do Sono

CRM: 138476 / SP

TAGS
asma
dpoc
respiracao
tosse

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

6 comentários para "Asma ou DPOC: Descubra como diferenciar as duas doenças respiratórias"

Rejane

Qual o tratamento correto para DPCO quando os broncosdilatadores já nao faz muito efeito?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Rejane, o pneumologista Mauro Gomes informa que as medicações de controle, também denominadas ‘de prevenção’, são tomadas diariamente, em longo prazo, para alcançar e manter o controle das doenças pulmonares persistentes. Isso inclui os agentes anti-inflamatórios (corticoides inalatórios) e os broncodilatadores de longa ação. É importante também evitar os agentes desencadeadores das crises, o que pode ser feito com cuidados rotineiros de nível higiênico e de saúde, no geral. Deve-se manter o ambiente doméstico e profissional livre dos fatores desencadeantes das crises, como os alérgenos (poeira, pó, ácaros), fumaça de cigarro e a presença de animais, além de tomar a medicação orientada pelo seu médico. Abraços.

Ana claudia

Boa noite Tenho 40 anos nunca tive nada sempre fui saudável. Nunca fumei e nem bebo agora tenho crises a médica disse que é dpoc pode ser asma .

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Ana Claudia, segundo a matéria apesar das diferenças, os sintomas da asma e da DPOC são muito parecidos. Somente após a realização de exames é possível identificar a doença. Seguir o tratamento indicado pelo médico é primordial para amenizar os sintomas da doença. Confira outra matéria que também aborda esse tema. Clique no link abaixo. Até breve.

https://cuidadospelavida.com.br/saude-e-tratamento/asma-e-bronquite/quem-tem-asma-pode-ter-dpoc

Elisangela santos

Olá! tenho um filho especial que tem muitas crises de sinusite, viemos morar no litoral pra ele melhorar essa parte respiratória, mas com esse calor estou usando muito ventilador,mas as vindas no hospital aumentaram e muito,ele está sempre vomitando e uma cor muito verde,como o nosso sus é uma beleza não conseguem me ajudar nessa parte… ar condicionado pra ele deve ser MELHOR, e como ele está tento vômitos s4m febre pode ser intoxicação alimentar, por favor me ajudem… OBRIGADA

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Elisangela, poeira, mofo, pelos de animais de estimação, pólen das plantas, variações climáticas acentuadas, cheiros fortes podem desencadear crises. O especialista afirma que tanto o ventilador como o ar-condicionado podem ser usados. Porém deve-se manter boa higienização dos mesmos, com limpeza periódica. Até a próxima.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.