Fobia social: Saiba identificar os sintomas e os gatilhos desse transtorno de ansiedade


  • +A
  • -A

A fobia social, também conhecida como ansiedade social, é um dos transtornos de ansiedade relativamente comum. O paciente que sofre com a fobia social frequentemente apresenta uma grande sensação de desconforto e insegurança ao desempenhar qualquer tipo de atividade ou função em público, com medo extremo de situações em que possa ser julgado e ter seu comportamento reprovado por outras pessoas.

 

Falta de ar e tremedeira são sintomas da fobia social

 

De acordo com o psiquiatra Antonio Viola, a ansiedade causada pela doença surge até mesmo em situações cotidianas. “Preocupações antecipadas a um evento social, pânico ao ser visto por outros, medo constante de cometer erros em público e a constante sensação de preocupação em relação ao seu nervosismo caracterizam a fobia social”, afirma.

Durante essas situações em que o paciente se sente vulnerável, o transtorno também é capaz de provocar sintomas físicos. “Destacam-se sensação de falta de ar, região facial enrubescida, aumento na produção de suor, tonturas, náuseas, tremores nos membros superiores e inferiores, perda da linha de raciocínio e voz trêmula, podendo acontecer simultaneamente ou não”, cita o profissional.

 

Usar transporte público pode ser um gatilho da fobia social

 

Diversas situações podem funcionar como gatilhos para a fobia social, mas sempre apresentando o convívio social como parte da equação. Entre elas estão ocasiões sociais cotidianas, como falar ao telefone, interagir com pessoas pelas quais o paciente sente atração, comprar ou devolver uma mercadoria em loja, receber críticas, conhecer novas pessoas, demonstrar sentimentos e manter contato visual com pessoas não familiares.

Os momentos em que o paciente com fobia social tem seu desempenho avaliado também são gatilhos para o transtorno. “Falar em público, comer ou beber em público, utilizar um banheiro ou transporte coletivo, atuar em um palco, participar de eventos e festas, entrar numa sala onde já existem pessoas sentadas, consultar profissionais como médicos ou dentistas e ir à casa de amigos e parentes”, exemplifica Viola.

 

Dr. Antonio Homero Viola é psiquiatra e psicanalista, formado em Medicina pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) e atua em São Paulo. CRM-SP: 133439

 

Foto: Shutterstock

TAGS
ansiedade
psicologico

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "Fobia social: Saiba identificar os sintomas e os gatilhos desse transtorno de ansiedade"

Danielle Cristina Ferrarezi Barboza

Vivemos numa Era construída sobre termos como padrão de qualidade, qualidade total, eficácia, eficiência, competência… na qual o erro é visto como sinônimo de incompetência… não é a toa que as pessoas estão tão ansiosas, tão culpadas, tão fóbicas… se posicionar numa sociedade é correr o risco de ser “crucificado”, arriscar é a possibilidade de mostrar suas falhas… então, as pessoas acabam evitando tudo isso. Temos que evitar os erros sim, mas, entender que o erro faz parte do processo de criação, de inovação, de aprendizagem… Adorei o poste!

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Danielle, que bom que gostou! Continue por aqui para ter acesso a mais matérias como essa. Abraços.

Gianfranco Tassoni

Olá, sou um ser que vivo nesse momento um estado de depressão, ansiedade,fobia social e medo tenho sido acompanhado pelo SUS , estou fazendo tratamento com ansiolítico e antidepressivo porém faço uso do alcool tambem , pois parece que é o que mais efeito. Que devo fazer?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Gianfranco, momentos como esse são complicados mesmo, o abuso dessa substância pode gerar um ciclo vicioso e piorar a doença. O psiquiatra Rômulo Herkenhoff afirma que o ideal é praticar atividades físicas, uma alimentação equilibrada, estar com quem se ama, trabalhar no que gosta, achar tempo para o lazer, seguir a prescrição médica e fazer psicoterapia. Desejamos o sucesso em seu tratamento.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.