Hipertensão: o uso de remédios é para o resto da vida?

  • +A
  • -A

Em muitos casos de hipertensão o uso de remédios é indicado de forma contínua, o que pode significar para sempre. Isso se deve ao fato da doença ser crônica, ou seja, não existe cura, apenas tratamento. Em algumas situações, o quadro consegue ser controlado apenas com mudanças de hábitos de vida, sem necessidade de uso contínuo de medicamentos. 

Medicamentos no tratamento da hipertensão


“Os medicamentos são necessários para a maior parte das pessoas e eles vão agir em diferentes órgãos e sistemas do organismo a fim de equilibrar as substâncias e fatores que regular a pressão arterial. Porém, em alguns casos uma mudança completa no estilo de vida da pessoa para uma rotina saudável alimentar, com emagrecimento e
manutenção constante de exercícios físicos poderá levar à suspensão do uso de medicamentos”, explica a cardiologista Caroline Nagano. 

Ainda segundo a especialista, é importante ter em mente que as mudanças de hábitos de vida não ocorrem do dia para a noite, o que significa que, em um primeiro momento, sempre haverá necessidade do uso de remédios. A ideia é manter o paciente amparado enquanto, aos poucos, vai modificando sua rotina até torná-la sedimentada.

“Na prática, contudo, são poucos os pacientes que tem determinação e foco para ter uma vida saudável, mesmo que essa possibilidade seja completamente viável. A maioria não quer tomar remédio, mas também não quer fazer nada para diminuir a necessidade disso, infelizmente. Por conta disso, eu venho aplicando no dia a dia uma abordagem diferente, com coaching nas consultas, visando provocar uma mudança de ‘mindset’ no paciente que o ajude a se engajar mais no tratamento. Tenho tido ótimos resultados”, afirma Nagano.

Hábitos indicados para controle da doença


As principais mudanças no estilo de vida para controlar a hipertensão são: passar a praticar atividade física de forma regular, cessar o tabagismo e consumo excessivo de bebida alcoólica, evitar estresse e adotar uma alimentação saudável, rica em nutrientes e pobre em sódio e gordura. “Há de se lembrar que o paciente que se cuida não estará curado da doença, apenas terá maior controle da mesma.
Ele pode voltar a ter aumento de pressão caso pare com as atividades físicas e ganhe peso, por exemplo”, conclui a médica.

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Caroline Nagano

Dra. Caroline Nagano

Cardiologia

CRM: 145246 / SP

TAGS
cardiovascular
circulacao
hipertensao
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "Hipertensão: o uso de remédios é para o resto da vida?"

Edileuza

Se a minha pressão estiver normal , eu não preciso tomar o remédio?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Edileuza. Caso realize o tratamento para hipertensão não deve interromper o tratamento sem orientação médica. “Os medicamentos devem ser tomados diariamente porque não atuam de forma permanente no nosso corpo. Sem o efeito da medicação, a pressão arterial tende a se elevar na pessoa hipertensa, que pode até desenvolver resistência”, alerta a especialista Dra. Ana Catarina de Medeiros Periotto. Recomendamos a leitura desta matéria para mais informações: https://cuidadospelavida.com.br/meu-corpo/coracao/abandonar-tratamento-hipertensao. Abraços.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.