Síndrome das unhas frágeis: como proteger a integridade delas durante o tratamento?


  • +A
  • -A

A síndrome das unhas frágeis consiste em alterações da matriz e/ou lâmina ungueal, o que leva a quebras frequentes e descamação. Inúmeros são os fatores que podem resultar nesta síndrome e o tratamento deve ser individualizado. Portanto, se você sofre com o quadro, deve buscar um tratamento específico para o agente que deflagrou o problema.  

Formas de evitar a síndrome das unhas frágeis


“A proteção das unhas pode ser feita de diferentes formas: uso de luvas nas atividades domésticas; evitar lavagens excessivas e uso de álcool gel;
fazer pausa na manicure e em esmaltes/acetonas; hidratação com cremes específicos; manter as unhas curtas; reduzir traumas etc”, informa a dermatologista Daniela Aidar.

Como os traumas e uso de produtos de limpeza são importantes causas da síndrome, a proteção da lâmina ungueal durante e após o tratamento é essencial. “Não adianta você tratar a unha com vitaminas via oral ou fortalecedores tópicos se o trauma se mantiver na lâmina ungueal, pois desse modo a unha mantém o ciclo de enfraquecimento”.

Principais causas e tipos de tratamento da síndrome das unhas frágeis


Antes de iniciar o
tratamento das unhas frágeis, você deve investigar possíveis causas para correção de fatores metabólicos e/ou nutricionais, através de uma boa história clínica e, eventualmente, exames laboratoriais. “Os principais fatores que levam à síndrome de unhas frágeis são: uso de cosméticos ungueais (esmaltes, acetonas), traumas lavagens excessivas, detergentes e solventes; deficiência de nutrientes, doenças metabólicas, envelhecimento da unha, medicamentos etc”, informa Daniela.

Também podem ser utilizados para o tratamento do problema fortalecedores tópicos hidratantes (uréia em diferentes porcentagens, vaselina), tretinoína e até mesmo minoxidil (o mesmo do cabelo, que tem sido mostrado em estudos recentes como adjuvante no tratamento). “O tratamento via oral se baseia no uso de vários micronutrientes, como biotina, silício, cisteína e cistina, ferro e zinco, sempre com acompanhamento médico”.

Dra. Daniela Aidar é dermatologista formada pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). CRM-SP: 156459

Foto: Shutterstock

TAGS
unhas

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Síndrome das unhas frágeis: como proteger a integridade delas durante o tratamento?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.