Por que as unhas não param de crescer?


  • +A
  • -A
Imagem do post Por que as unhas não param de crescer?

As unhas são formadas por uma proteína chamada de queratina e se originam a partir do crescimento celular que ocorre na matriz ungueal, localizada junto à pele, logo abaixo da cutícula. São estruturas importantes para proteger as extremidades dos dedos das mãos e dos pés de qualquer tipo de trauma. E uma curiosidade: você já reparou que elas nunca param de crescer?

As unhas crescem mais durante o verão


“Conforme a célula vai ficando cheia de queratina, sua atividade vai diminuindo, ela acaba morrendo e seus restos celulares formam a unha. Como esse é um processo contínuo ao longo da vida, as unhas nunca param de crescer”, afirma a dermatologista Juliana Fonte. Elas são, portanto, um acumulado de tecidos mortos, motivo pelo qual o ato de cortar ou lixar suas pontas não provoca dores – saiba o que é melhor para cortar as unhas: cortador ou tesoura?

O crescimento médio das unhas das mãos é de três milímetros por mês e de um milímetro para as unhas dos pés, mas existem condições que influenciam essa velocidade: “Os principais fatores que interferem são os hormônios, contato frequente com produtos químicos e a estação do ano. No verão, por exemplo, as unhas crescem mais”, explica a médica. As unhas das gestantes costumam crescer mais rapidamente, enquanto substâncias químicas podem retardar o crescimento.

Diabetes e anemia atrapalham crescimento das unhas


Além desses fatores, alguns problemas de saúde também são capazes de comprometer o crescimento das unhas. Diabetes, anemia, hipotireoidismo, patologias nas unhas, como psoríase e onicomicose, e infecções nas cutículas são alguns exemplos. Por outro lado, unhas que crescem rápido demais podem ser um sinal para o hipertireoidismo.

Situações em que o crescimento é interrompido são raros, mas unhas quebradiças podem dar a impressão de que não estão crescendo. Nesses casos, é importante procurar um dermatologista para avaliar a causa do problema, já que diversas doenças, como a síndrome das unhas fracas e as micoses, a alimentação e hábitos do dia a dia podem fragilizá-las.

Dra. Juliana Fonte é dermatologista, formada pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). CRM-RS: 32136 –  www.julianafonte.com.br

Foto: Shutterstock

TAGS
diabetes
pele
unhas

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Por que as unhas não param de crescer?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.