Que tipo de alimentação ajuda no fortalecimento das unhas?


  • +A
  • -A

As unhas, também conhecidas de lâmina ungueal, são formadas por uma proteína chamada queratina. São placas duras que se formam com o objetivo de proteger a ponta dos dedos. Apresentam um crescimento médio de 2-3mm por mês.

As queixas de unhas fracas e/ou quebradiças são bastante comuns, principalmente entre as mulheres, e as principais causas são deficiência de nutrientes, exposição a agentes químicos (solventes, ácidos), alguns cosméticos (formaldeído), fungos, traumas repetitivos como a digitação, contato com água por longos períodos, entre outros.

Apesar do baixo número de estudos que falam de carências nutricionais relacionadas ao enfraquecimento das unhas, sabe-se que uma alimentação saudável com quantidades adequadas de vitaminas e minerais está altamente relacionada com o bom funcionamento do organismo, incluindo a formação e desenvolvimento das unhas. Além disso, também podemos citar a água como um fator muito importante, já que a capacidade da unha em reter líquidos é muito baixa, fazendo que tenhamos a necessidade de beber bastante líquido diariamente para evitar a desidratação das unhas.

Segue abaixo a relação das principais vitaminas e minerais que estão envolvidos na formação das unhas, junto com suas respectivas fontes:

Vitamina A: leite e derivados (queijos e iogurtes), carnes em geral, fígado bovino, ovos, vegetais verde-escuros (brócolis, couve, mostarda) e em vegetais e frutas amarelo-alaranjados (cenoura, abóbora, pêssego, manga).

Vitamina B9 (Biotina): gema de ovo, vísceras (fígado, rim e coração), feijões, ervilha, cogumelos, levedura, aveia, soja, nozes, tomate e alcachofra.

Vitamina B6 (Pirodoxina): carnes em geral, peixes, germe de trigo, cereais integrais (aveia, centeio, cevada), vegetais em geral, nozes, castanhas, abacate e banana.

Vitamina C: frutas cítricas (limão, laranja, abacaxi, kiwi), tomate, abóbora moranga, manga, goiaba, acerola e vegetais folhosos.

Vitamina D: peixes (salmão, atum e cavala), óleos de fígado de peixe, manteiga, gema de ovo e fígado bovino.

Vitamina E: germe de trigo, óleos vegetais (soja, milho, algodão), leite e derivados, oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas), abacate e vegetais de folhas verdes (couve, almeirão, alface).

Cálcio: leite e derivados, sardinha, gergelim, vegetais verde-escuros e amêndoas.

Zinco: Carnes em geral, fígado bovino, peixe, ovos, frutos do mar, feijões, leite e derivados e cereais integrais.

Magnésio: cereais integrais, hortaliças de folhas verdes, leite e derivados, nozes e tofu.

Selênio: carnes em geral, leite e derivados, cereais integrais e castanha do Pará.

Ferro: carnes em geral, fígado bovino, ovo, leguminosas (feijão, lentilha, ervilha, soja), cereais integrais e vegetais verde-escuros.

Pessoas que apresentam alterações nas unhas, precisam fazer um acompanhamento dermatológico para que a causa seja diagnosticada. Em casos de deficiências nutricionais, um profissional nutricionista poderá ser consultado para elaboração um plano alimentar individualizado.

Referências

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Central Saudável Saber

Central Saudável Saber

Clínica Médica

CRM: /

TAGS
alimentacao
unha

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Que tipo de alimentação ajuda no fortalecimento das unhas?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.