A síndrome das unhas frágeis pode ser consequência de outros problemas de saúde? Quais?


  • +A
  • -A

A síndrome das unhas frágeis é uma condição que afeta a resistência e a força das unhas, deixando-as mais fracas e fáceis de serem quebradas, especialmente após traumas. Existem vários fatores que são capazes de levar ao desenvolvimento da síndrome, como uma má alimentação. Além disso, vários problemas de saúde podem ser citados. 

Carências nutricionais são causas da síndrome das unhas frágeis


“Distúrbios da tireoide, anemia, deficiências nutricionais, infecções, doenças como a psoríase e os eczemas e outras doenças sistêmicas podem causar a síndrome das unhas frágeis”, explica a dermatologista Bruna Fanton Gallo. 

A anemia, por exemplo, é uma condição que pode ser provocada pela carência de nutrientes, como as vitaminas do complexo B. Uma das vitaminas que pertence a esse complexo, a biotina, é a responsável pela manutenção da força das unhas. Quando em falta, pode enfraquecer as unhas. 

Vale ainda mencionar outras causas da síndrome das unhas frágeis destacadas pela especialista, como o envelhecimento, a menopausa, atividades profissionais, uso de certos tipos de medicamentos e o hábito excessivo de manipular as unhas e de lavar as mãos.

Causa da síndrome irá determinar a abordagem do tratamento


Segundo a dermatologista, para fazer o tratamento das unhas fracas corretamente, é necessário avaliar toda a saúde do paciente: “É importante fazer uma investigação minuciosa sobre possíveis causas, através do exame clínico e laboratorial, além de avaliar possíveis hábitos e ocupações do paciente. Dessa forma, direcionamos o tratamento para a causa”. 

Fazer o tratamento de acordo com as causas é muito importante, mas a dermatologista afirma que nem sempre é possível defini-las. “De maneira geral, orienta-se manter as unhas curtas, evitar possíveis traumatismos, como o hábito de roer as unhas, e evitar contato com substâncias químicas ou com a água de forma prolongada“, recomenda Bruna. 

Outra forma de combater a síndrome das unhas frágeis é recorrer aos tratamentos tópicos, que podem ser feitos com o uso de base esmalte, endurecedores e hidratantes, além de tratamentos sistêmicos, como a suplementação de vitaminas, principalmente de biotina. 

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Bruna Fanton Gallo

Dra. Bruna Fanton Gallo

Dermatologia

CRM: 52-1061682 / RJ

TAGS
pele
unhas

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "A síndrome das unhas frágeis pode ser consequência de outros problemas de saúde? Quais?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.