Pele e insônia: dormir mal pode causar envelhecimento do rosto?


  • +A
  • -A

A insônia é um distúrbio que pode atrapalhar o sono de qualquer pessoa e acordá-la várias vezes ao longo da noite. O problema provoca cansaço, falta de atenção, sonolência durante o dia e prejudica a memória. No entanto, há ainda uma consequência menos conhecida: dormir mal pode afetar a saúde da pele e, consequentemente, causar envelhecimento facial.

Dormir mal atrapalha a renovação das células da pele


“Durante o sono, produzimos o hormônio do crescimento, capaz de renovar as células e, dessa forma, a pele”, afirma a dermatologista Dra. Kaliandra Cainelli. Ter poucas horas de sono, portanto, prejudica esse processo. “Além disso, dormir pouco aumenta o nível de hormônios do estresse no corpo, o que promove aumento dos radicais livres e
, assim, o envelhecimento da pele”, complementa a especialista.

A melhor forma de evitar o envelhecimento facial é dormir bem“O ideal sempre é tentar dormir o número mínimo de horas para não prejudicar a pele. No caso, entre sete e nove horas”, diz a profissional. Entretanto, ajustar a quantidade de horas não resolve totalmente o problema: evitar usar o celular antes de deitar, diminuir a luminosidade e os ruídos no quarto e não levar preocupações para a cama também são atitudes importantes.

Usar protetor solar evita o envelhecimento facial precoce


Por outro lado, para se proteger do envelhecimento facial, não basta prestar atenção somente ao sono. Dra. Kaliandra cita outros fatores ligados ao problema: “Exposição solar excessiva, contato com a poluição,
estresse intenso e constante, ingestão excessiva de álcool, tabagismo, dieta não balanceada e rica em açúcares e sedentarismo são todos fatores que influenciam no envelhecimento da pele”.

Alguns cuidados diretos com a pele também são capazes de prevenir o envelhecimento facial, como higienizar o rosto, retirar a maquiagem antes de dormir, hidratar a pele, usar filtro solar diariamente e reaplicá-lo ao longo do dia e beber bastante água. Um dermatologista pode indicar também ácidos e dermocosméticos com proposta antirrugas para cuidar da saúde da pele.

Dra. Kaliandra Cainelli é dermatologista graduada pela Unirio, é membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e atende no Rio de Janeiro. CRM-RJ: 80153-4 – kaliandra.com.br

Foto: Shutterstock

TAGS
insonia
manchas-na-pele
pele
sono

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Pele e insônia: dormir mal pode causar envelhecimento do rosto?"

LUCILENE

Tenho experiência própria do prejuízo que a insônia traz a pele. Apesar de não ser fumante e nem ingerir bebidas alcoólicas, mas tenho dificuldades para dormir bem. Durante 7 dias da semana devo dormir um sono satisfatório apenas uns dois dias. E então, acordo com a pele cansada e com aparência de mais velha. Faço uso da melatonina, mas ainda assim não é todos as noites que durmo bem. Um abraço, Lucilene

fausto jose toledo

tudo faz mal, tudo faz bem. Bom mesmo é para quem já morreu, pois, não precisa mais preocupar com isso. Curou-se de tudo infinitamente.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.