Microbioma: conheça mais sobre a barreira natural de proteção da pele


  • +A
  • -A

Quando se fala em bactérias, fungos e micro-organismos em geral, a tendência é que estes sejam associados a coisas negativas, como infecções e doenças. No entanto, tais organismos frequentemente são benéficos para a saúde. O microbioma é justamente isso: um conjunto de micro-organismos que habitam diversas áreas do corpo (incluindo a pele), cuja função é proporcionar equilíbrio e proteção.  

“O microbioma é o conjunto de micro-organismos, principalmente bactérias, que recobre a pele. Ele é necessário para garantir o bom funcionamento da epiderme”, afirma a dermatologista Gabriela Itimura. Para que o microbioma funcione perfeitamente, é importante que o indivíduo cuide bem da saúde sempre, tanto da pele, especificamente, quanto de todo o corpo.

Alterações no microbioma podem resultar em problemas de pele


De acordo com a especialista, quando há alteração na quantidade e qualidade das bactérias que fazem parte da microbiota natural, ocorre comprometimento da integridade da pele, alteração de pH e aumento das chances de surgirem doenças de pele. “Esse processo pode resultar no
aparecimento de doenças, como psoríase, dermatite atópica e acne”, afirma Gabriela.

Quando ocorrem alterações que desequilibram o microbioma, a pele tende a ficar mais seca e sensível, necessitando de cuidados para amenizar os desconfortos associados e para fortalecer a barreira de proteção que foi comprometida. Alguns ativos, como os presentes em hidratantes calmantes podem ajudar nesse sentido.

Como manter o microbioma em equilíbrio?


Para manter o microbioma em equilíbrio, é importante ter alguns cuidados no dia a dia. Por exemplo, evitar uso de sabonetes antissépticos, álcool gel e esfoliações agressivas;
hidratar bem a pele; e manter um estilo de vida saudável no geral. “Mais recentemente, foi implementado na prática dermatológica o uso de cosméticos e suplementos orais contendo prebióticos e probióticos, o que também pode ajudar”, completa a dermatologista.

Dra. Gabriela Itimura é dermatologista, formada pela Universidade Estadual de Londrina e é membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. CRM-PR: 30730 – Site oficial

Foto: Shutterstock

TAGS
limpeza-de-pele
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "Microbioma: conheça mais sobre a barreira natural de proteção da pele"

Excelente! Já consumo o kefir diariamente! Gostaria de indicação de cosméticos com probióticos entre seus princípios ativos. Minha pele é sensível, irritadiça, e tenho rosácea, que está controlada. Já deixei de utilizar ácidos e esfoliantes, e utilizo cosméticos naturais o que fez uma diferença enorme!

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, sugerimos que consulte um médico dermatologista para que ele possa avaliar seu caso presencialmente. Converse com o mesmo sobre as suas preferencias e ele irá indicar o cosmético mais adequado para você. Até Logo!

Steney Fortunato de Lima

Boa tarde! vc falar que não tem que usar álcool em gel, mais outros especialistas inclusive médicos falam para usar álcool em gel até dentro de casa,ou levar sempre em mãos para o uso de qualquer procedimento, Ok!quem está certo?

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Steney, usar o álcool gel para desinfetar ou desinfectar ok, neste caso falamos do uso de forma agressiva e constante sobre a pele, isso trará malefícios pára a mesma. Abraço.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.