Quem não possui parentes próximos calvos pode ter calvície mesmo assim?

  • +A
  • -A

A calvície é uma doença muito influenciada pela herança genética, o que significa que ter parentes próximos calvos aumenta bastante suas chances de desenvolver o problema. Contudo, este é apenas um dos fatores de risco para a calvície – apesar de ser o principal. A explicação para a manifestação do quadro é mais complexa do que isso.

Sendo assim, é possível um indivíduo se tornar calvo mesmo que seus parentes mais próximos (pai, tios, avôs) não tenham esse tipo específico de queda capilar. “Quem não possui parentes próximos calvos pode ter calvície pois esta é uma condição genética cuja herança não é simples. Depende de vários genes, muitos dos quais não foram descobertos”, explica a dermatologista Karina Lopes.

Outros fatores de risco que propiciam o desenvolvimento da calvície


Ainda segundo a especialista, esses genes podem se expressar de maneira distinta em pessoas diferentes, mesmo que sejam parentes. “Além disso, outros fatores que não os genéticos contribuem para a progressão mais rápida da calvície em alguns indivíduos”, afirma a dermatologista.

Além da questão genética, fatores externos também podem contribuir para intensificar a queda capilar em indivíduos com tendência à condição. Excesso de oleosidade, dermatite seborreica (caspa) e carência de nutrientes importantes como biotina, selênio, zinco e ferro são alguns exemplos de fatores externos que podem acentuar um quadro de calvície. 

Tratamento e prevenção contra queda excessiva de cabelo


Portanto, o tratamento e prevenção do problema começam com cuidados em relação a esses fatores de risco controláveis – consumir em quantidade adequada os nutrientes citados, evitar oleosidade no couro cabeludo e combater a caspa. Também é crucial o tratamento medicamentoso, que possui substâncias capazes de atuar no organismo e frear o avanço da calvície e
estimular o crescimento dos fios nas áreas já comprometidas.   

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Karina Lopes

Dra. Karina Lopes

Dermatologia

CRM: 157665 / SP

TAGS
cabelos

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

2 comentários para "Quem não possui parentes próximos calvos pode ter calvície mesmo assim?"

Guto silva

Gostaria de saber se a medicação DUTASTERIDA pode ser tomada para combater a calviçe, sem ela traz algum efeito colateral agressivo.

CUIDADOS PELA VIDA

Olá, Guto. Para mais informações a respeito deste produto entre em contato com nossa Central de Atendimento ao Consumidor Aché, através do telefone 0800 701 6900, de segunda à sexta-feira, exceto feriados, das 8h00 às 17h00 ou através do e-mail cac@ache.com.br. Abraços!

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.