Queda de cabelo por estresse: saiba como evitar esse problema!

  • +A
  • -A

Existem vários motivos que podem desencadear a queda de cabelo, como a calvície e a COVID-19. Outra razão bastante comum e que merece destaque é o estresse. Será que é possível evitar esse problema? Como tratar queda de cabelo por estresse? A dermatologista Vanessa Kodani tirou essas e outras dúvidas. Entenda mais!

Queda de cabelo: causas emocionais são comuns


Segundo Dra. Vanessa, a
queda de cabelo por estresse é muito mais comum do que se imagina: “A maioria, pra não dizer todas as quedas de cabelo, tem causa no estresse. Entenda estresse como um desequilíbrio emocional (ansiedade, depressão, preocupação exagerada, tristeza) que gera alterações hormonais, desencadeando mudanças no equilíbrio do corpo, sendo o cabelo uma das partes afetadas, sofrendo a queda”.

As diferenças no couro cabeludo, de acordo com a dermatologista, podem ser sentidas de diversas formas: “Pode ser alterando o ciclo do fio, desencadeando doenças genéticas ou deflagrando doenças inflamatórias e/ou autoimunes. No final, todas levam à queda do fio”. 

Saber o que causa queda de cabelo é importante para que o diagnóstico possa ser fechado com total certeza e entender se não há outras doenças interligadas, como a alopecia androgenética ou alopecia areata. Também é possível que a perda dos fios seja um sintoma ou sequela de doença ou uma reação ao uso de algum medicamento.

Tratamento para queda de cabelo começa pela saúde mental

 


Quando se percebe a queda de cabelo excessiva, muitas pessoas logo procuram um medicamento ou shampoo para queda de cabelo. Porém, antes de comprar, é essencial cuidar da saúde mental. “Para evitar esse problema, é necessário sempre cuidar do emocional, por meio de
exercícios físicos, sono adequado, lazer e descanso, cultivar atividades prazerosas no dia a dia, além de alimentação saudável, meditação e autoconhecimento”, explica Dra. Vanessa, que destaca: “O psicólogo sempre deve estar nas prioridades para a manutenção da saúde mental e, consequentemente, da saúde física”.

O estresse pode causar diversos problemas sérios para a saúde, pois afeta diretamente a imunidade e pode levar a doenças, como ansiedade, depressão, hipertensão, além de desencadear crises de herpes. Problemas no aparelho digestivo, como a gastrite nervosa, também podem surgir graças ao estresse. 

Junto à psicoterapia, consultar um dermatologista é a decisão mais acertada ao perceber a perda dos fios, para que o médico possa investigar as causas da queda de cabelo, como enfatiza a especialista: “O estresse desencadeia vários tipos de doenças nos cabelos. Assim, o tratamento vai variar de acordo com o que se manifestou em cada indivíduo. De maneira geral, cuidar do emocional, focando em uma boa qualidade de vida é primordial para todos”.

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Vanessa Kodani

Dra. Vanessa Kodani

Dermatologia

CRM: 100793 / SP

TAGS
cabelos

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

1 comentário para "Queda de cabelo por estresse: saiba como evitar esse problema!"
Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.