Como lidar com o excesso de oleosidade na pele no verão para não comprometer o quadro de calvície?

  • +A
  • -A

No verão, é comum o aumento da oleosidade da pele, o que pode ser um fator de risco para pacientes com calvície. O excesso de oleosidade sozinho não provoca calvície, doença originada, principalmente, pelo histórico genético. Porém, quando o couro cabeludo sofre com níveis elevados de oleosidade, a situação do indivíduo calvo fica ainda pior.   

Controle da oleosidade no tratamento da calvície


“Mesmo quem não tem problema de calvície pode ter
queda de cabelos pelo excesso de oleosidade. Isso ocorre pois a quantidade exagerada de óleo obstrui os poros no couro cabeludo, prejudicando a nutrição dos cabelos. Como consequência, os fios acabam se tornando opacos, fracos, com aparência de sujos e tendem a cair mais”, explica a dermatologista Juliana Fonte.

Segundo a especialista, para evitar o excesso de oleosidade é importante adotar alguns cuidados na rotina. Alguns exemplos são: lavar o cabelo com mais frequência; e usar shampoo anti resíduos uma vez por semana, já que os resíduos que ficam nos fios e no couro cabeludo acabam favorecendo o aumento da oleosidade e perda de brilho dos cabelos. 

“Também é recomendado evitar aplicar condicionadores, máscaras e leave-in no couro cabeludo; não ficar passando as mãos no cabelo durante o dia; evitar o consumo excessivo de fritura e gordura; buscar não usar boné, lenço ou chapéu por tempo prolongado; não dormir com o cabelo molhado; evitar lavar o cabelo com água quente; e, se possível, ao final do banho fazer um último enxágue nos cabelos com água mais fria”, acrescenta a médica.

Tratamento medicamentoso é fundamental


Além de lidar com a
oleosidade e demais fatores externos que atrapalham o quadro de calvície, é importante que o paciente já diagnosticado inicie o quanto antes e mantenha o tratamento adequado. Este consiste no uso de medicamento específico, o qual deverá ser indicado pelo médico especialista que acompanha o caso. A ação desse tipo de remédio consiste em retardar o processo de perda capilar e estimular o crescimento dos fios nas áreas mais afetadas. 

 

Foto: Getty images

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Juliana Fonte

Dra. Juliana Fonte

Dermatologia

CRM: 32136 / RS

TAGS
cabelos
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Como lidar com o excesso de oleosidade na pele no verão para não comprometer o quadro de calvície?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.