Caspa: Low poo e no poo podem agravar o problema?

  • +A
  • -A

As técnicas low e no poo são muito utilizadas hoje, principalmente por pessoas com cabelos crespos, cacheados e ressecados. Consistem em não utilizar shampoo (no poo) ou reduzir significativamente (low poo) o uso deste produto de limpeza na rotina, tendo em vista que as substâncias químicas que o compõem comprometem a integridade e nutrição dos fios.  

Com Low poo e no poo, limpeza é menor


“Apesar do low poo e no poo serem técnicas menos agressivas para a lavagem dos cabelos – já que pregam a utilização de produtos com nenhum ou pouco sulfato – elas também podem prejudicar a saúde capilar.  Isso porque essas técnicas têm menor poder de limpeza, o que pode levar à
piora da dermatite seborréica e da caspa em pessoas predispostas”, explica a dermatologista Karina Lopes.

A higienização insuficiente aumenta o nível de oleosidade no couro cabeludo, o que eleva as chances de um maior volume de caspa. Por isso, muitos dermatologistas preferem indicar o low poo do que o no poo, para que seja mais fácil aliar uma limpeza mais consistente e menores danos aos fios devido ao menor contato com substâncias químicas fortes.

Mesmo assim, isso não quer dizer que a técnica no poo seja proibida. Ela pode funcionar em tipos específicos de cabelo. Vale destacar que cada cabelo possui características e necessidades próprias, então o que não serve para você pode ser a solução para outros. Por isso, a presença do dermatologista é fundamental para a escolha do tratamento capilar a ser adotado, já que ele saberá indicar a opção mais adequada baseando-se na análise da estrutura de cada cabelo. 

Tratamento contra oleosidade e caspa excessivas


No caso daqueles que sofrem com
oleosidade, coceira e descamação do couro cabeludo excessivas, acima do normal, vale apostar no uso de produtos específicos capazes de reduzir tais problemas. Existem shampoos anticaspa que, além de reduzirem a oleosidade e caspa, mantém a hidratação das madeixas. O uso destes deve ser regular e contínuo para que os resultados sejam alcançados.    

 

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Karina Lopes

Dra. Karina Lopes

Dermatologia

CRM: 157665 / SP

TAGS
cabelos
caspa
pele
problemas-de-pele
queda-de-cabelos

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Caspa: Low poo e no poo podem agravar o problema?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.