É possível saber se uma mancha de pele oferece riscos apenas pela aparência?


  • +A
  • -A
Imagem do post É possível saber se uma mancha de pele oferece riscos apenas pela aparência?

Enquanto algumas pessoas nem percebem, outras não podem ver uma mancha na pele que já ficam preocupadas. As manchas surgem na pele como uma resposta dos melanócitos, células responsáveis pela pigmentação da pele e que produzem melanina diante de estímulos, como a luz solar, e cada uma das manchas surge por uma razão.

 

Crescimento anormal das manchas pode ser um problema

 

Existem algumas manchas que podem prejudicar o corpo e indicar algum problema de saúde. Um olhar mais atento na aparência da mancha pode identificar se ela representa um risco. “De modo geral, nas manchas de pele marrons ou pretas, observamos suas bordas, suas cores, seu crescimento e sua simetria”, afirma a dermatologista Vanessa Kodani.

Segundo a especialista, quanto mais irregular a borda das manchas e quanto mais variadas as cores, maiores são os riscos. Manchas enegrecidas, assimétricas e que crescem de tamanho rapidamente também são suspeitas. Dependendo da característica, o exame clínico já permite fazer o diagnóstico, mas em casos de dúvida, uma dermatoscopia e uma biópsia entregam um resultado mais preciso.

 

Saiba o que cada tipo de mancha pode representar

 

As manchas mais comuns são as escuras, marrons ou pretas, que podem ser pintas, lentigos, sardas ou melasma, geralmente causadas pela exposição solar e pela predisposição individual”, explica a médica. É importante ficar atento aos sinais para uma eventual malignização da mancha que leva ao surgimento de câncer de pele do tipo melanoma.

As manchas brancas, por sua vez, também podem ser causadas pelo sol, mas podem indicar ainda o início de um caso de vitiligo ou uma micose de pele, uma condição mais simples, comum no verão, especialmente para quem frequenta praias ou piscinas públicas. Já as manchas avermelhadas, de acordo com Vanessa, podem ser sinais de vários tipos de doenças, como rosácea, viroses, e até mesmo um câncer de pele, especialmente quando sangram com facilidade ou estão associadas a feridas que não cicatrizam.

 

Dra. Vanessa Kodani é médica formada pela Universidade de São Paulo e especialista em Dermatologia pelo Hospital das Clínicas de São Paulo. CRM-SP: 100793.

 

Foto: Shutterstock

TAGS
cancer-de-pele
manchas-na-pele
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "É possível saber se uma mancha de pele oferece riscos apenas pela aparência?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.