Quais são os tipos mais comuns de manchas na pele?


  • +A
  • -A
Imagem do post Quais são os tipos mais comuns de manchas na pele?

O sol nos traz muitos benefícios, desde estimular a produção de neurotransmissores no cérebro que promovem a sensação de bem-estar, como a serotonina; ser essencial para promover a síntese de vitamina D no corpo; possuir atividade anti-inflamatória e imunomoduladora, entre outros.

Por outro lado, o principal risco da exposição solar em excesso e a proteção inadequada do filtro solar é a ocorrência de câncer de pele. “Os cânceres de pele chamados ”não melanoma” são os tipos mais comuns entre todos os cânceres (25% do total) e mais de 90% dos casos são relacionados à exposição solar”, explica a dermatologista Lilia Guadanhim.

Quais são os tipos mais comuns de manchas?

Além disso, o sol é o principal responsável pelo chamado envelhecimento da pele, levando ao surgimento de rugas, manchas, afinamento da pele e flacidez. Há diversos tipos diferentes de manchas escuras na pele. “Os tipos mais comuns são as melanoses solares; os melasmas; as hipercromias pós-inflamatórias e as fitofotodermatoses”, enumera Lilia.

A melanose solar são manchas castanhas bem delimitadas e planas que aparecem devido à exposição solar crônica, sendo mais comuns nos antebraços e no rosto.

  • O melasma pode ser causado por diversos fatores, com componente hormonal importante, que tem como desencadeantes principais o sol e a luz visível. Mais comum na face e é caracterizado por manchas castanhas.
  • A hipercromia pós-inflamatória, como o nome diz, ocorre depois de lesões inflamatórias na pele, sendo comuns em quadros de acne, e o sol pode agravar essas manchas.
  • Por fim, a fitofotodermatose são as famosas manchas de limão, que surgem principalmente nas mãos depois da exposição ao sol combinada com o contato com frutas cítricas.

O filtro solar é a principal e mais importante proteção

Para se proteger diariamente do sol é fundamental proteger a pele sempre. “O erro mais comum é achar que deve-se aplicar o filtro apenas quando está na praia. Ele é um hábito saudável e deve ser regular a partir dos 6 meses de idade e para toda a vida”, aconselha a dermatologista.

Lilia indica um filtro solar com proteção contra os raios UVA e UVB, de fator de proteção solar mínimo 30 e que apresente cosmética agradável para a sua pele. Na aplicação, não deve-se esquecer de pescoço, colo e braços, além do rosto. Em situações de exposição solar intensa, a reaplicação deve ocorrer a cada 3 horas.

Dra. Lilia Guadanhim é dermatologista médica da Unidade de Cosmiatria da Escola Paulista de Medicina/Unifesp

TAGS
manchas-na-pele
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quais são os tipos mais comuns de manchas na pele?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.