Descubra quais os sintomas da hemorroida, mesmo na fase inicial


  • +A
  • -A

Pra começar a conversa, todo mundo tem hemorroidas! Não precisa entrar em pânico, mas é preciso acabar com o mito de que a hemorroida é, em si, uma doença quando, na verdade, ela é uma estrutura natural do corpo humano. “Elas são importantes para o fechamento do canal anal, continência fecal e discriminação entre sólido e líquidos”, afirma a proctologista Yara Mendonça. O problema acontece quando há uma alteração na estrutura normal do corpo, que pode ser causada por diversos fatores, ocasionando a chamada doença hemorroidária.

Qual a diferença de hemorroida interna e externa?

A especialista conta que sempre faz questão de explicar para seus pacientes que a principal diferença entre as hemorroidas internas e externas é que a interna sangra e a externa dói. “Isso porque as internas ocorrem acima da chamada linha pectinea, que não tem inervação. Já a externa ocorre na região mais externa, com grande inervação, ou seja, com grandes sintomas de dor”. As internas podem ser tratadas com ligaduras elásticas ou com a remoção cirúrgica delas, enquanto as externas precisam ser removidas cirurgicamente.

Identificando os sintomas da doença hemorroidária

O paciente deve ficar muito atento a alguns sintomas como sangramento durante a evacuação, sensação de peso e coceira (internas) e aumento do volume local com dor aguda (externas). De acordo com Yara, a doença pode, em alguns casos, ser grave. “Em geral, todas as doenças hemorroidárias externas têm indicação cirúrgica”, explica. “No entanto, as tromboses recorrentes e sangramentos significativos devem ter atenção especial”.

Existe forma de evitar o problema?

Alguns hábitos podem ser determinantes para o aparecimento da doença hemorroidária, em especial em pessoas com prisão de ventre. Isso porque no momento de evacuar, o constipado realiza um esforço dobrado, que costuma ser resultado de uma alimentação pobre em fibras, e é extremamente nocivo para a saúde do ânus. A proctologista afirma que a melhor forma de tratamento é prevenção. “Bons hábitos alimentares com alimentação rica em fibras e pelo menos 2 litros de água por dia são importantes. A saúde intestinal é fundamental para saúde de toda a região”, finaliza.

 

Dra. Yara Mendonça é proctologista em clínica proctológica, proctologia geral e especializada em distúrbios funcionais. CRM-RJ: 52884669

 

TAGS
circulacao
hemorroidas

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Descubra quais os sintomas da hemorroida, mesmo na fase inicial"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.