Dispneia: a dificuldade para respirar que pode ser tratada


  • +A
  • -A

A falta de ar é um sintoma comum a várias doenças graves, geralmente envolvendo problemas pulmonares (asma, bronquite) ou cardíacos (é um dos sintomas do infarto, por exemplo). É fundamental que, ao primeiro sinal de uma falta de ar sem explicação, o paciente fique atento e, caso a sensação não passe, se agrave ou volte a se apresentar, procure ajuda médica.

Dispneia: O que é?

Dispneia é um termo que define a falta de ar, e é um sintoma de diversas doenças diferentes. Apesar do nome parecer, a dispneia não é uma doença específica. “Dispneia não é uma doença, é um termo técnico que significa dificuldade de respirar, assim como disartria significa dificuldade de falar e que disfagia significa dificuldade de engolir”, esclarece o pneumologista Dr. Carlos Felipe Figueira Nogueira.

Ela é, no geral, causada por algum dos seguintes fatores: redução de oxigênio no ambiente; diminuição da difusão de oxigênio das vias áreas para o sangue; alteração na capacidade sanguínea de transporte de oxigênio; redução de circulação sanguínea; e obstrução das vias aéreas.

“Tenho uma doença respiratória, o que posso fazer para melhorar minha respiração?”

 

A dispneia é um dos sintomas mais comuns em doenças respiratórias, seja pela inflamação dos brônquios (bronquite crônica) ou até mesmo por obstruções mucosas nas vias nasais. Para quem sofre com problemas crônicos, é fundamental ter atenção na limpeza de casa, para não deixar acumular poeira.

Uma série de objetos cotidianos podem ser vilões para quem enfrenta doenças como a bronquite, por exemplo. “Colchão, travesseiro e outras roupas de cama armazenadas por muito tempo, cortinas que acumulam poeira, brinquedos de pelúcia, carpetes e tapete, infiltração com mofo”, lista o pneumologista.

Vale a pena relembrar: Caso você esteja sentindo falta de ar, especialmente sem razão aparente (como a prática de alguma atividade física), e com frequência, procure um médico, que vai poder identificar o problema e recomendar um tratamento.

Dr. Carlos Felipe Figueira Nogueira é pneumologista formado pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e médico responsável pela Nogueira Pneumologia (www.nogueirapneumologia.com.br). CRM: 5290720-0

 

TAGS
respiracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

4 comentários para "Dispneia: a dificuldade para respirar que pode ser tratada"

Daniel

Eu faço uso de berotec aerosol porque as vezes sinto falta de ar, tem vez que demora mais tem vezes que vem com frequência, e quando vou dormir acordo na madrugada com crise de faltar de ar ae eu tenho que usarvo berotec aerosol pra aliviar, e quando vou surfar quando remo fico ofegante e as vezes com falta de ar e ae eu tenho que usar a bombinha que no caso é a berotec aerosol, gostaria de saber se tem cura pra isso e tenho bronquite desde de pequeno gosto de praticar exercícios físicos como surfar e caminhar desde já agradeço obrigado Deus abençoe.

CUIDADOS PELA VIDA

Oi Daniel, realize uma consulta com o médico especialista para que ele possa te orientar e indicar os exercícios que você pode praticar. Melhoras.

Adriele

Me ajuda .como posso aliviar essa sensacao ruim da dispneia pós parto Com problema cardíaco

CUIDADOS PELA VIDA

Olá Adriele, o ideal é que você procure um médico, que vai poder identificar o problema e recomendar um tratamento. Melhoras.

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.