Síndrome das unhas frágeis: Conheça 5 fatores que podem desencadear a doença!

  • +A
  • -A

As unhas são estruturas que ajudam a proteger a ponta dos dedos de impactos e de qualquer coisa que entre em contato com esta área do corpo. Elas são formadas por queratina, a proteína responsável por lhes dar força e firmeza. No entanto, há casos em que as unhas podem adoecer e desenvolver a chamada síndrome das unhas frágeis. 

Fungos podem causar a síndrome das unhas frágeis

 

Esta condição provoca alterações em toda a estrutura das unhas, deixando-as fracas e finas, o que favorece a formação de lascas e até facilita quebras. A síndrome das unhas frágeis é causada por uma série de fatores. Com a ajuda da dermatologista Kaliandra Cainelli, separamos 5 deles para te ajudar a prevenir o problema. Confira!

– Infecção por fungos: “Os fungos alteram a estrutura da unha, tornando-a fraca e, em casos avançados, deformando-a”, explica a especialista;

– uso excessivo de removedor de esmalte: A acetona causa o ressecamento excessivo das unhas que, por sua vez, enfraquecem;

hipotireoidismo: “A doença é decorrente da redução da síntese de hormônios pela tireoide e causa a baixa oxigenação da unha, enfraquecendo-a”, afirma a profissional;

– traumatismo: os traumas podem decorrer da intensa digitação, do ato de roer as unhas e até do hábito de usar sapatos fechados por muito tempo;

– anemia: “Pessoas com quadro de anemia podem ser acometidas pela baixa oxigenação das unhas e ter síndrome das unhas frágeis”, destaca a médica. 

Saiba como se prevenir das unhas fracas

 

A melhor forma de evitar a fragilização das unhas é evitar esses fatores ou, no caso da anemia, das infecções fúngicas e do hipotireoidismo, tratá-los corretamente. Mas, outras medidas também são importantes: segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), quem usa produtos de limpeza com frequência deve se proteger usando luvas, preferencialmente, uma luva de algodão por baixo de outra feita com borracha. 

Além disso, as unhas devem ser mantidas curtas, em formato arredondado nas mãos e quadrado nos pés, de acordo com a SBD. É fundamental também mantê-las hidratadas, já que a falta de água pode atrapalhar a ação da queratina e facilitar o desenvolvimento da síndrome das unhas frágeis.

 

Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD): https://www.sbd.org.br/dermatologia/unha/cuidados/cuidados-com-as-unhas/

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Kaliandra Cainelli

Dra. Kaliandra Cainelli

Dermatologia

CRM: 80153-4 / RJ

TAGS
pele
unhas

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

1 comentário para "Síndrome das unhas frágeis: Conheça 5 fatores que podem desencadear a doença!"

Maria Aparecida Rodrigues

Minhas unhas elas quebra muito

Deixe seu comentário

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.