A pele do rosto é mais sensível aos efeitos do sol?

  • +A
  • -A

A exposição ao sol sem proteção é um dos fatores que mais causa danos à pele. Envelhecimento precoce, surgimento de manchas, queimaduras solares e até mesmo câncer de pele são alguns exemplos. Isso acontece devido ao contato com os raios ultravioleta (UV), que penetram na pele e provocam diversas alterações. Na hora de se proteger adequadamente dos efeitos do sol, é comum as pessoas se perguntarem se a pele do rosto é mais sensível. Será que é verdade?

“Essa região pode ser considerada mais sensível por estar mais exposta do que outras áreas do corpo, que estão cobertas pela roupa. Entretanto, a recuperação da pele do rosto para um mesmo tempo de exposição, é melhor do que no resto do corpo. A pele da face tem muito mais anexos, como as glândulas sebáceas e sudoríparas, do que o corpo, o que acelera o processo de cicatrização”, explica a dermatologista Nandara Paiva.

Veja como proteger a pele do rosto dos efeitos do sol


De qualquer forma, é fundamental usar protetor solar diariamente, mesmo que a pessoa passe poucos minutos exposta à luz solar. O recomendado é que o filtro solar tenha fator de proteção 30, no mínimo. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), essa é
a maneira mais eficaz e recomendada de proteção contra os efeitos nocivos do sol. É indicado também complementar os cuidados com o uso de bonés ou chapéus. 

Dra. Nandara traz ainda outra dica para o uso do filtro solar: “O protetor deve ser reaplicado a cada duas horas, tanto pela absorção que pode ocorrer pela pele, quanto pelo contato com as mãos, superfícies e água, uma vez que o toque, o suor, e a água retiram o produto. Nessas circunstâncias, a fotoproteção é insuficiente e a pele fica exposta à agressão solar.

Qual é o melhor protetor para o meu tipo de pele?

 

Existe um tipo de protetor solar específico para cada tipo de pele, seja ela oleosa, mista ou seca. A forma do produto (gel, creme, loção, spray ou bastão) também deve ser considerada na hora da compra, porque o filtro solar ideal pode prevenir problemas de pele comuns, como acnes e oleosidade em excesso. A SBD orienta que pessoas com tendência à acne, que tenham pele oleosa ou mista, optem por produtos que não tenham óleo ou gel creme na sua base, como os protetores com toque seco. Já as pessoas com pele seca devem usar os protetores com ação hidratante, enquanto quem tem manchas deve optar por filtros com ação uniformizadora

 

Dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD): https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/cuidados/cuidados-diarios-com-a-pele/

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Nandara Paiva

Dra. Nandara Paiva

Dermatologia

CRM: 1050451 / RJ

TAGS
acne
cancer-de-pele
manchas-na-pele
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "A pele do rosto é mais sensível aos efeitos do sol?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.