É possível pegar sol e ainda assim ter uma pele jovem?


  • +A
  • -A
Imagem do post É possível pegar sol e ainda assim ter uma pele jovem?

O sol é um dos principais agentes causadores do envelhecimento da pele e por isso a exposição ao mesmo não deve ser feita de forma exagerada. Se o contato for moderado, os efeitos à cútis não serão maléficos. Na verdade, a incidência dos raios solares na pele é essencial para o bom funcionamento do corpo. Dessa forma, eles garantem, por exemplo, a obtenção da vitamina D.

“Nós não devemos garantir o bronzeado de um ano inteiro em um único dia. O excesso na exposição solar geralmente causa queimaduras e prejuízos para a pele no longo prazo, como o envelhecimento cutâneo e câncer de pele”, explica a dermatologista Maria Luiza Ducati. O aparecimento de rugas e a perda de elasticidade é bem característico desse processo de envelhecimento.

Dicas para manter a pele jovem e saudável


Além de evitar excessos, é fundamental, ainda segundo a médica, usar sempre protetor solar e manter uma rotina de cuidados com produtos que não prejudiquem a pele quando esta é exposta ao sol. É importante também ter cuidado com o uso de alguns cremes com ácidos. “Este tipo de produto deve ser evitado durante o verão”.   

Para manter a pele jovem e saudável, a especialista recomenda não se expor ao sol no período das 10h às 15h, usar protetor solar com fator 30, no mínimo, aplicá-lo 30 minutos antes da exposição e reaplica-lo a cada 2 horas. “Deve-se sempre reaplica-lo também após sair do mar, piscina ou sudorese intensa e usar outros métodos de proteção, como chapéus, bonés, roupas com proteção UV, óculos de sol e cremes hidratantes”.

Benefícios da exposição ao sol


Os principais benefícios do sol são os seguintes: auxílio à produção de vitamina D pelo organismo; prevenção da osteoporose; regulação do sistema imune, contribuindo para o controle de doenças como psoríase, dermatite atópica e vitiligo; diminuição do risco de depressão, pois aumenta a produção de endorfinas pelo cérebro, promovendo sensação de bem-estar; e melhora na qualidade do sono.

Dra. Maria Luiza Ducati Dabronzo é dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e atende em São Paulo. CRM-SP: 150813

Foto: Shutterstock

TAGS
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "É possível pegar sol e ainda assim ter uma pele jovem?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.