Descubra como cuidar da pele com tendência a acne

  • +A
  • -A

Grande parte dos adolescentes já sofreu com a acne, mas ela não é exclusividade deles. A pele com tendência acneica deve ter cuidados especiais sempre. E engana-se quem pensa que acne são só muitas espinhas reunidas e inflamadas. De acordo com a dermatologista Renata Roxo, existem três tipos de acne: a leve, a moderada e a grave. Descubra mais sobre a acne e como cuidar da pele com tendência a acne. 

Existem graus diferentes de acne

A acne pode surgir por conta do aumento da oleosidade da pele. Esse aumento pode ser por motivos hormonais, medicamentos e  utilização equivocada de cosméticos. “Com isso, os poros ficam entupidos e surge o cravo. Se houve colonização bacteriana, surge a espinha”, explica Renata. A acne leve, ou grau 1, é quando aparece apenas o cravo. Na moderada, ou grau 2, os cravos inflamam e aparecem as espinhas. Na grau 3, além do cravo e espinha, aparecem os nódulos e lesões.

Medicamentos e alimentação também podem piorar a acne

A pele oleosa é a mais propensa a sofrer com a acne e alguns fatores podem piorar a situação, desde medicamentos, síndrome do ovário policístico, sol em excesso e até levar muito a mão ao rosto. “Alimentação errada também pode piorar. Evitar leite e excesso de açúcar”, indica. O tratamento para a acne deve ser contínuo e adequado de acordo com o tipo de pele. “Recomendo lavar o rosto com sabonete específico pela manhã, depois passar adstringente e protetor solar. A noite lavar novamente com sabonete e usar o ácido retinoico, por exemplo. Mas pode variar de pessoa para pessoa, por isso o acompanhamento médico é importante”, explica a dermatologista.

Mas, em casos mais graves, é necessário associar o cuidado diário com antibióticos tópicos ou suplementos naturais como zinco e betacaroteno, além de limpeza de pele, peeling e luz pulsada. “Se a causa da acne for hormonal, nada disso vai adiantar se a alteração não for tratada”, diz Renata.

Mesmo com todos esses cuidados, dependendo do grau da acne, só é possível acabar com ela com medicamentos orais, como a isotretinoína. Ela funciona atrofiando a glândula sebácea.

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Renata Roxo

Dra. Renata Roxo

Dermatologia

CRM: 52685585 / RJ

TAGS
acne
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Descubra como cuidar da pele com tendência a acne"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.