Pele saudável: Como o clima quente e seco prejudica a saúde da pele?

  • +A
  • -A

As condições climáticas podem afetar a nossa saúde de várias formas, seja quando a temperatura está alta ou mais baixa. Mas, você sabia que a saúde da pele também pode ser influenciada pelo tempo? O clima quente e seco, em particular, pode ter efeitos danosos na pele e gerar hipersensibilidade. Para entender melhor como a ação do clima deixa a pele mais sensível, a dermatologista Marisa Fujimura tirou as principais dúvidas sobre este assunto e explicou como manter a pele saudável. Confira! 

Clima seco interfere na barreira de proteção natural

Nossa pele tem uma barreira de proteção natural, chamada manto hidrolipídico, formada por células de gordura e moléculas de água que protegem contra agressores externos. De acordo com Dra. Marisa, é aí que entra a ação prejudicial do clima na saúde da pele: “A barreira de proteção evita a perda de água do corpo, gerando todo um sistema que protege das infecções e que é equilibrado com um ecossistema chamado microbioma, que regula a imunidade da nossa pele. Se o clima é muito seco, com baixa imunidade, altera-se todo esse mecanismo de proteção e regulação da pele, deixando-a mais sensível e irritada”. 

Além disso, as altas temperaturas geralmente são acompanhadas por intensa radiação solar, o que também pode ser muito prejudicial para a pele: além do envelhecimento precoce e do risco de adquirir manchas de pele, a exposição solar sem proteção pode aumentar o risco de câncer de pele, doença séria e que pode evoluir para um estágio grave.

Protegendo a pele saudável dos efeitos do clima quente e seco

Conviver com o clima muito quente ou seco é inevitável, mas é possível tomar alguns cuidados para conter os prejuízos causados pelas altas temperaturas e manter a pele saudável. “Os cuidados para evitar danos climáticos na pele são o uso de produtos específicos, como protetor solar, hidratação adequada, além de evitar temperaturas extremas, como muito calor ou muito frio, para prevenir a reatividade da pele sensível”, explica Dra. Marisa. 

A hidratação também é fundamental para amenizar estes efeitos indesejáveis. A dica é investir em produtos específicos para o tipo de pele a ser cuidado, como priorizar texturas em gel e oil free para peles oleosas ou um creme hidratante facial mais consistente para a pele seca. Beber bastante água também é essencial para manter a pele mais saudável e menos suscetível à irritabilidade, coceira e vermelhidão. “O uso de água micelar ou termal no dia a dia ajuda também a manter o equilíbrio da pele sensível”, finaliza a dermatologista. 

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Dra. Marisa Fujimura

Dra. Marisa Fujimura

Dermatologia

CRM: 61918 / SP

TAGS
cancer-de-pele
manchas-na-pele
pele

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Pele saudável: Como o clima quente e seco prejudica a saúde da pele?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.