Triglicerídeo infantil: como os pais devem cuidar para que seus filhos tenham boa dose

  • +A
  • -A

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil e em países desenvolvidos. Um dos fatores de risco para o desenvolvimento dessas doenças é a hipertrigliceridemia (aumento dos triglicerídeos no sangue).

Uma das causas das alterações dos triglicerídeos são os maus hábitos alimentares e ao sedentarismo, que são hábitos de vida formados ainda na infância. Estudos tem demonstrado que mudar os hábitos alimentares das crianças, colabora com a prevenção de doenças cardiovasculares em adultos. Sendo assim, seguem algumas dicas:

-O peso das crianças deve ser mantido dentro dos padrões de normalidade;

-Praticar exercícios físicos regulares e com acompanhamento profissional;

-Como a formação do paladar ocorre na infância, é preciso oferecer uma grande variedade de alimentos saudáveis, pois isso trará influências nas escolhas alimentares para o resto da vida;

-Os pais precisam ser exemplo, consumindo diariamente refeições balanceadas;

-Antes dos 2 anos de idade não é recomendado oferecer açúcar, doces em geral, salgadinhos, biscoitos recheados, embutidos (salsicha, linguiça, presunto, mortadela), sorvetes, refrigerantes, refrescos artificiais, achocolatados, gelatina ou alimentos açucarados devido a formação do paladar e, além disso, o consumo regular desses alimentos pode levar a obesidade na infância. Após os 2 anos esses alimentos poderão ser consumidos esporadicamente;

-Consumir diariamente alimentos saudáveis fontes de vitaminas, minerais e fibras como frutas, verduras, legumes, cereais integrais (aveia, centeio, cevada), alimentos integrais (arroz, macarrão, pão, biscoitos) e leguminosas (feijões, lentilha ou ervilha);

-Deve-se comer diariamente alimentos fontes de gorduras boas, presentes em alguns alimentos como peixes (salmão, atum, sardinha), oleaginosas (nozes, castanhas, avelã), azeite de oliva e óleos vegetais (soja, milho, canola);

-Sempre comprar carnes magras e retirar toda a gordura e pele aparentes, além de preparar de forma assada, cozida, grelhada ou refogada. Fazer rodízio entre as carnes bovina, suína, peixes, aves e ovos, sempre evitando o consumo excessivo.

Referências:

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
Central Saudável Saber

Central Saudável Saber

Clínica Médica

CRM: /

TAGS
cardiovascular
coracao

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Triglicerídeo infantil: como os pais devem cuidar para que seus filhos tenham boa dose"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.