Quais são os primeiros passos na prevenção de um segundo infarto?


  • +A
  • -A

Depois de um infarto do miocárdio, parte da musculatura do coração perde sua vitalidade. A partir daí, o organismo tem que se readaptar para tentar manter o funcionamento cardíaco o mais próximo da normalidade. No entanto, o próprio paciente e a equipe médica devem auxiliar na recuperação e na prevenção de um segundo infarto.

 

Alimentação e atividade física reduzem risco de novo infarto

 

“A intervenção médica e a prevenção secundária já começam imediatamente durante o próprio atendimento inicial do infarto, que não pode ser considerado um evento isolado, visto que temos uma alta taxa reincidência”, afirma o cardiologista Benjamin Farbiarz Segal. Quem já teve um infarto, tem de forma geral, 10 vezes mais chance de ter um novo evento em comparação a quem é saudável.

“O tripé da saúde envolve medicação, alimentação e atividade física bem orientadas. Quem se compromete a mudar os fatores que dependem do comportamento diário, terá benefícios”, diz o profissional. No dia a dia, as refeições, por exemplo, devem ter uma quantidade equilibrada de gorduras, além de uma diminuição no consumo de sódio e carboidratos. Reduzir o estresse e abandonar o cigarro também são medidas importantes.

 

Medicamentos são essenciais na prevenção de um segundo infarto

 

De acordo com o especialista, o uso da medicação começa logo após o infarto. Existem várias classes de remédios, como beta-bloqueadores, antiagregantes plaquetários e anticoagulantes, que junto a procedimentos cirúrgicos, aumentam a sobrevida do paciente, controlam a hipertensão arterial e permitem que ele tenha uma boa qualidade de vida.

Já a prática de atividades físicas só deve ser iniciada quando o cardiologista autorizar, para não colocar em risco a recuperação. Ainda assim, a frequência e a intensidade devem ser controladas. Manter o corpo em movimento é importante para trabalhar a musculatura cardíaca e perder peso, medida essencial de prevenção para quem tem sobrepeso ou obesidade.

 

Dr. Benjamin Farbiarz Segal é cardiologista, graduado pela Fundação Técnico-Educacional Souza Marques e especializado pelo Instituto Israelita Albert Einstein. CRM-RJ: 52.80252-2

Foto: Shutterstock

COLABORARAM NESTE CONTEÚDO: 
TAGS
cardiovascular
coracao
infarto
pressao-alta

FIQUE POR DENTRO DE DICAS
DE SAÚDE
E BEM-ESTAR

Nenhum comentário para "Quais são os primeiros passos na prevenção de um segundo infarto?"
Seja o primeiro a comentar

Obrigado por compartilhar sua opinião! Todos os comentários passam por moderação, por isso podem não aparecer imediatamente na matéria.